Presidente da CMSV pede ao governo engajamento na Educação

5/11/2012 01:01 - Modificado em 5/11/2012 10:01


Em gala de homenagem a Câmara Municipal distinguiu os melhores alunos do ano lectivo de 2011/2012. Ao todo, foram 35 alunos escolhidos entre o 7º e o 12º ano, a vencedora da olimpíada regional de língua portuguesa e duas alunas que representaram o país nas olimpíadas de matemática da CPLP.

 

Os requisitos eram o mérito académico onde os alunos tinham que ter no mínimo a nota de 18,5 valores. Para os alunos do 12º existe uma divisão entre a via geral e a técnica em que os alunos da escola técnica se destacam com 17 valores, em virtude da maior exigência da via técnica. Esta gala reuniu o poder local, alunos, professores, pais e encarregados de educação para prestigiar o mérito do ano lectivo anterior.

O presidente da Câmara Municipal, Augusto Neves, abriu a gala felicitando os galardoados falando sobre os desafios da educação e o esforço da edilidade para cumprir com os seus compromissos, exigindo do governo um maior engajamento na questão da educação, com mais investimentos e atenção. “Não há sensibilidade do governo para a questão da juventude”, disse Neves. E para as famílias mais carenciadas, Augusto Neves propôs que as mesmas ficassem isentas das propinas escolares.

O Vereador da Educação, Januário da Luz, ressalta o engajamento da Câmara na educação pelo que “prefere deixar 200 metros de estradas por fazer do que cortar nas bolsas e subsídios”.

Zénito Cruz, falando em nome de todos os estudantes elogia a iniciativa da edilidade em fomentar e premiar o mérito e a excelência nas escolas, mérito este que “vem pela dedicação e esforço”.

  1. ficase

    ” o governo tem de fazer alguma coisa na educação, a camara não pode SOZINHA fazer tudo” disse augusto neves. quem de bom senso leva o gajo a serio? ao ouvir na radio,embora não surpreendido disse “a sala deve estar lotada” pois o augusto ja esta em campanha para daqui a 4 anos.vendo na tv, que so havia directores(gente do paicv) e os poucos alunos(a maioria não vota) disse ” só pode ser trauma”

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.