Casos de gripe em São Vicente não fizeram nenhuma morte

21/02/2018 07:38 - Modificado em 21/02/2018 07:38
| Comentários fechados em Casos de gripe em São Vicente não fizeram nenhuma morte

De acordo com a directora do Hospital Baptista de Sousa, em São Vicente nenhum dos óbitos registados nos últimos tempos no hospital foram provocadas por síndrome gripal ou de pneumonia ligada à gripe, esclarece baseando-se em exames clínicos.

“Um dos casos já foi confirmado que não era gripe e os outros tem um quadro clínico que tinha mais coisas”, até porque segundo Ana Brito eram pessoas que tinham doenças crónicas que facilmente descompensam.

A diretora do HBS garante à população que não há razões para alarme. Quanto à procura dos serviços de urgência, as estatísticas, do trimestre Dezembro a Fevereiro, confirmam um aumento assinalável comparativamente ao ano passado e apela a população com sintomas gripais a procurar os centros de saúde de forma a não sobrecarregar os bancos de urgência do HBS para evitar contrair outras doenças.

Para determinar que estirpe está a afectar a população, os serviços de saúde estão a recolher amostras nos pacientes com quadros mais graves e que o Ministério da Saúde está a investigar para saber se o país está perante uma nova estirpe de gripe.

Não se sabe ainda quanto tempo falta para o fim deste inverno, e pode ser que nos últimos dias da estação, o frio resolva se intensificar. E associado à umidade, que está mais proeminente nestes dias, a variação de temperatura, o vento gelado na rua e ambientes fechados em casa ou no escritório, colaboram para facilitar com que as pessoas fiquem gripadas ou resfriadas com maior facilidade e por isso Ana Brito aconselha as pessoas a se agasalharem bem e também é possível investir na alimentação adequada para potencializar o sistema imunológico.

Alimentos ricos em vitaminas, minerais e outras substâncias que auxiliam na manutenção do sistema imunológico. Muitos também ajudam a proteger as células do organismo contra alterações que podem levar a problemas de saúde, além de ajudar a combater infecções e reduzir inflamações”, explica.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.