SINDEP contra a forma como o processo de integração do IUE na UNICV está a ser conduzido

16/02/2018 02:24 - Modificado em 16/02/2018 02:24
| Comentários fechados em SINDEP contra a forma como o processo de integração do IUE na UNICV está a ser conduzido

De acordo com o representante do Sindicato Nacional dos Professores, o processo foi muito mal conduzido, aliás, continua a ser muito mal conduzido, assegura o Vice-presidente do SINDEP.

Para Jorge Cardoso, o processo de integração do Instituto Universitário da Educação na Universidade de Cabo Verde tem sido mal conduzido. “Caso o Governo aprove em Concelho de Ministros o decreto-lei que efectiva a transição, o SINDEP assegura que os professores estarão determinados em não acatá-lo e irão até às últimas consequências”, declara este sindicalista que diz ainda que o SINDEP não conhecia este decreto-lei e que este processo não foi socializado nem com os professores nem com os sindicatos e realça ainda que os professores não acatarão qualquer decisão que seja tomada sobre esta matéria.

Segundo este sindicalista, em causa estão duas questões que deveriam estar no projecto do decreto-lei e que não estão. Uma delas diz respeito aos professores que fazem parte do quadro definitivo do IUE e que,por não possuírem doutoramento, irão para o quadro transitório da UNICV, algo que esta central sindical discorda. “Seria inaceitável ser integradona UNICV em quadro transitório”. Outro ponto refere-se à idade da reforma antecipada que, segundo Jorge Cardoso, deverá manter-se assim como está no estatuto do IUE que são “34 anos de serviço prestados ou então sessenta anos de idade”.

“Enquanto representação sindical mais representativa de todos os professores, vamos apoiar todas as formas de luta para fazer valer os seus direitos adquiridos que, neste momento, estão a ser violados”, conclui o mesmo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.