Vindos de Oriente é bicampeão: tud cosa na se lugar, tud manera é ba d’vagar

14/02/2018 16:58 - Modificado em 14/02/2018 19:15
| Comentários fechados em Vindos de Oriente é bicampeão: tud cosa na se lugar, tud manera é ba d’vagar

Era de esperar. Já tinha ganho na votação popular e nos corações partidos de muitos elementos dos grupos rivais: Vindos do Oriente é Bi- campeão. Atingiu os 165,5 pontos, apenas quatro décimas a mais que o Monte Sossego.

O segundo classificado  Monte Sossego  ficou-se pelos 165,1 pontos.

O grupo Cruzeiros do Norte repete o terceiro lugar arrecadando os 159 e Flores de Mindelo o quarto e ultimo lugar com 131 pontos.

Esta é uma vitória que simboliza o novo patamar que o Carnaval de São Vicente atingiu um nível de excelência.

O grupo, que normalmente faz sempre um desfile prefeito, fez mais um desfile perfeito trazendo a África para as ruas de Mindelo. Uma Africa bonita, de esplendor, glamour, riqueza, vida. Um desfile que homenageia um homem, um carnavalesco Manú que sempre insistiu em trazer a Africa para o nosso Carnaval viajando pelo lado bom do continente.

Vindos do Oriente  fez um desfile alinhado com os nossos tempos do Carnaval  e o premio foi o bi-campeonato.

Vindos do Oriente venceu ainda a nivel individual os prémios de melhor carro alegórico “África Mística”, Primeira-dama Jamircia Fonseca e segunda-dama, Patricia Gomes.

Este online ja tinha escrito que com este novo modelo de avaliação os quesitos individuais como Rei, Rainha, rainha de bateria ficam de fora da avaliação, sendo avaliados no conjunto do grupo dentro dos quesitos estabelecidos. Ser o rei de Carnaval ou Rainha do Carnaval ou Rainha da Bateria não está em avaliação. Isto significa que a classificação geral dos grupos não interfere com as classificações dos itens individuais e vice-versa.

Este regulamento privilegia o desempenho coletivo no conjunto da avaliação. E neste sentido a Comissão de Frente, ultima aquisição feita ao Carnaval Carioca, assume a categoria de quesito. O mestre-sala e porta-bandeira que eram destaques individuais e premiados passam a quesito. As rainhas de Bateria, que vinham ganhando protagonismo no nosso carnaval não atingem o nível da Porta-bandeira e Mestre-sala

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.