Carnaval de São Vicente: Governo considera que é um produto que pode ser vendido a escala global

14/02/2018 14:09 - Modificado em 14/02/2018 14:09
| Comentários fechados em Carnaval de São Vicente: Governo considera que é um produto que pode ser vendido a escala global

O primeiro-ministro, considerou que o Carnaval de São Vicente está cada vez mais a elevar de nível pelo que garante que o governo vai continuar a apostar, investir e apoiar o entrudo mindelense “vivido intensamente e feito com coração”

“No ano passado referi que a ilha teve o melhor carnaval de sempre, e este ano não ficou aquém das expectativas, afirma o governante que elogiou a boa organização, desde da logística até a parte final, os desfiles dos quatro grupos.

Com um investimento sete milhões de escudos no carnaval de São Vicente, sendo um milhão para cada um dos grupos oficiais, UCS mostra-se uma vez mais, bastante satisfeito com o resultado de todo o “trabalho e empenho” dos grupos que fizeram nesta terça-feira, uma apresentação “espetacular”.

E a aposta do governo tem sido no caminho de transformar carnaval num produto cultural e turístico de alto valor acrescentado e com impacto na economia. “A nossa intenção é transformar o Carnaval do Mindelo numa indústria capaz de produzir eventos que sejam rentáveis e com impacto muito forte no turismo e muito positivo na economia da ilha”, salientou Ulisses Correia e Silva, para quem o certame “tem tudo para ganhar muito maior impulso”, pelo que o Governo vai “apostar, investir e apoiar fortemente, porque é um produto que pode ser vendido a escala global”.

Para 2019 o governo promete manter a seu apoio e aposto nesta que é considerado a maior festa popular do país e que de ano continua a fazer jus as expectativas criadas a sua volta principalmente num ano em que se registou um leque diverso de mudanças, com o objectivo de aprimorar cada vez mais a festa, segundo a organização.

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.