Carnaval de São Vicente: É Hoje

13/02/2018 11:39 - Modificado em 13/02/2018 11:39
| Comentários fechados em Carnaval de São Vicente: É Hoje

Chegou o grande dia, o terça-feira do Carnaval com quatro grupos para um desfile que concentra todas as atenções em São Vicente.

A abrir o desfile oficial, por sorteio ficou definido que o grupo do Monte Sossego abre o desfile, às 15:30, seguido por Cruzeiros do Norte e Vindos do Oriente e cabe ao grupo Flores do Mindelo encerrar o cortejo, às 17:00, com os grupos a entrarem na Rua de Lisboa,  onde se situa o palanque oficial, a cada meio hora, quer na primeira, quer na segunda passagem.

O Vindos do Oriente, campeão do Carnaval em título desenvolveu o seu enredo sobre “África – berço da humanidade”, vai apresentar três carros alegóricos, 800 a 1000 figurantes,  distribuídos por 13 alas, e promete “um Carnaval maravilhoso”, num projecto cujo orçamento ultrapassa os 6 mil contos.

Cruzeiros do Norte, por seu lado, traz desta vez o tema “Vencer as misérias humanas é sobreviver”, cerca de 800 figurantes, três andores e dois carros-surpresa.

Monte Sossego sabe-se que vai chegar à Rua de Lisboa com um enredo que conta a história das “Grandes Civilizações”, três carros alegóricos e um tripé da Comissão de Frente, 1.600 figurantes “garantidos”, para um orçamento de 9.700 contos.

Flores do Mindelo, o último a desfilar, tem um tema que gira à volta das “Brincadeiras tradicionais”, com três carros alegóricos, tripé para a comissão de frente e cerca de 800 figurantes distribuídos por 14 alas, e um orçamento de 7.500 contos.

Logo após o desfile, haverá baile de Carnaval na Rua de Lisboa abrilhantado  pelo brasileiro Almirzinho (ex-Revelação) e banda, Constantino Cardoso e Anísio.

 

A Polícia Nacional, por seu lado, já divulgou o plano de segurança para o Carnaval 2017,  o qual vai envolver todo o efectivo do comando regional, mais o reforço e a colaboração das Forças Armadas e da Polícia Judiciária, para materializar a operação.

Este ano serão avaliados tens como bateria, música, harmonia, evolução, enredo, carros alegóricos, fantasias, comissão da frente e mestre-sala e porta-bandeira e que não entram na classificação dos grupos itens individuais como rei, rainha e rainha de bateria, ou seja, a classificação geral dos grupos não interfere com as classificações dos itens individuais, e vice-versa.

Sendo assim, pontifica a comissão organizadora, um grupo pode conseguir arrecadar todos os prêmios individuais sem que isso afecte a sua classificação geral, podendo também ocorrer o contrário.

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.