Darrin “Este vai ser um jogo igual a qualquer outro”

8/02/2018 23:29 - Modificado em 8/02/2018 23:29
| Comentários fechados em Darrin “Este vai ser um jogo igual a qualquer outro”

Derby e Mindelense medem forças no sábado, clássico este a contar para a sétima jornada do Campeonato Regional de Futebol, num jogo cheio de histórias envolvendo duas das equipas mais tituladas da ilha e que, nesta época desportiva, ainda não saborearam a derrota, por isso, seguem colados na liderança com os mesmos 14 pontos e, de acordo com o médio Darrin do Derby na antevisão da partida, só a vitória interessa à sua equipa.

Os “Dragões da Praça Estrela” arrancaram da melhor forma possível e, por esta altura, mesmo estando na liderança repartida da prova com o Mindelense, apresentam um registo atacante impressionante de 2,3 golos por jogo, pois ao cabo de seis jogos disputados, a equipa já apontou 14 golos, sendo até então o melhor ataque da competição. No entanto, e por cinco vezes, já viram as suas redes balançarem. Por sua vez, o Mindelense com apenas seis golos marcados, apresenta a melhor defesa do campeonato com apenas dois golos concedidos. Este clássico coloca pois frente a frente o melhor ataque e a melhor defesa da competição.

Na antevisão deste grande embate da jornada sete, Darrin, médio centro da formação azul e branca é quem dá o mote da sua equipa para esta partida. Um jogo que o camisola 6 espera vir a ser decidido por algum grande momento individual. A fasquia para este jogo é elevada e certamente traz pressões extras para os jogadores mas, como vinca Darrin, a sua equipa está preparando este jogo de igual forma como as outras. “Não é porque vamos jogar frente ao Mindelense que vamos mudar o nosso estilo de jogo. Este vai ser um jogo igual a qualquer outro”, sustenta o médio.

No ataque, a equipa tem-se revelado uma verdadeira máquina de fazer golos e, no meio campo, Darrin é uma das pedras fundamentais que equilibra a equipa, um jogador com grande poder de passe nos últimos 30 metros e muito comprometido com o sector mais recuado da sua equipa. Para o médio, o segredo para equilibrar a equipa nos jogos é, sem dúvida, jogar ao ataque, recorrendo à velha máxima do futebol que diz que “a melhor defesa é o ataque” para explicar tal facto. “A nossa equipa tem muita posse de bola e somos fortes tanto no ataque como na defesa”, sustenta.

O FC Derby na conquista da Supertaça precisamente frente ao Mindelense no primeiro jogo da época é, até ao momento, a única equipa que ainda não perdeu nenhum jogo, o que leva o camisola 6 dos “Dragões da Praça Estrela” a afirmar que a sua equipa só pensa na vitória neste jogo. Contando da Taça Abertura e do Campeonato Regional, as duas formações ainda não conheceram o sabor da derrota e os derbianos só falharam a conquista da Abertura a favor do Mindelense pela margem de apenas dois golos. Com o Batuque à espreita podendo chegar mesmo à liderança isolada da prova em caso de empate neste jogo, isto claro se vencer o Castilho no arranque da jornada, Darrin assume que se a partida terminar empatada, o ponto conseguido poderá vir a ter o gosto de uma derrota, apontando o Batuque também como um sério candidato ao título.

Ao cair do pano desta entrevista Darrin não se esquece do pai Cubilas residente na Holanda, um dos ícones outrora do Mindelense que, ao serviço dos “Leões da Rua de Praia” e jogando como médio esquerdo, ajudou o clube a conquistar vários títulos regionais e nacionais, por isso, quer vencer para poder dedicar a vitória do jogo ao pai. “Sinto-me motivado para poder fazer um bom jogo e ajudar a equipa. Vou deixar tudo dentro do campo para poder vencer este jogo e dedicar assim esta vitória ao meu pai na Holanda, apesar de saber que estarei a jogar frente à sua equipa, onde ele jogou e por muitas vezes foi campeão regional e nacional”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.