Luís Filipe Tavares quer uma relação com Angola numa base de confiança

7/02/2018 00:34 - Modificado em 7/02/2018 00:34
| Comentários fechados em Luís Filipe Tavares quer uma relação com Angola numa base de confiança

O Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares, disse em Angola que o Governo quer trabalhar com o país numa base de confiança e com total mobilidade e promoção do investimento empresarial entre os dois países, afirmações feitas durante a visita em Angola para estreitar relações entre os dois países.

Segundo o governante, “a excelência das nossas relações começa e termina nas excelentes relações interpessoais entre nós, os nossos governos, os nossos dois Presidentes da República, nas nossas relações pessoais, mas também na amizade muito grande entre o povo angolano e o cabo-verdiano”.

Luís Filipe Tavares sublinhou ainda que a cooperação entre os dois países pode ir ainda mais longe, com a proposta da realização de consultas bilaterais anuais ao mais alto nível, não apenas sobre questões ligadas à cooperação bilateral, mas também sobre a reforma da União Africana.

Intenção corroborada pelo seu homólogo angolano, o Ministro das Relações Exteriores Manuel Augusto, que afirma que esta visita marca uma nova era nas relações bilaterais e que, de agora em diante, abrem-se amplas perspectivas de uma verdadeira parceria entre Angola e Cabo Verde, carregada de um sistema novo.

“Devemos, portanto, empenharmo-nos no estabelecimento de uma nova parceria empreendedora e construtiva que esteja à altura das potencialidades existentes nos nossos países e no interesse recíproco dos nossos governos”.

Defende ainda que deve ser retomada e revitalizada, depois de uma longa paralisação, a 8ª comissão bilateral de cooperação, que considerou um importante mecanismo de cooperação.

Os dois países têm mais de 40 instrumentos jurídicos assinados de natureza específica ou abrangente, entre acordos, protocolos, convenções e memorandos “que necessitam de ser revisitados e reanalisados para aferir a sua actualidade e eficácia.

 

Fonte: lusa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.