Capitania dos Portos aguarda plano de salvamento

2/11/2012 01:03 - Modificado em 2/11/2012 01:03

As autoridades marítimas estão a aguardar o plano de salvamento do cargueiro Terry Tres encalhado a sul da ilha de Santa Luzia. Apesar de ser uma operação técnica de alguma complexidade, a remoção do navio depende agora da actuação de uma equipa técnica espanhola que esteve no local a estudar os procedimentos de desencalhe.

 

O navio Terry Tres continua encalhado na praia Francisca, na ilha de Santa Luzia com nove tripulantes a bordo, após a trasfega das 64,5 toneladas de gasóleo que se encontravam nos dois depósitos do cargueiro panamense que encalhou nessa área a 9 de Outubro.

Perante os termos da legislação, os responsáveis do Terry Tres tinham três dias para remover o navio do local. Mas o NN soube que o armador solicitou o alargamento do prazo para que um grupo de peritos realizasse um estudo para concretizar o desencalhe do navio.

Contactado o Capitão dos Portos de Barlavento afirmou que “as autoridades marítimas aceitaram essa solicitação, pelo que na semana passada esteve no local uma equipa técnica espanhola a fazer um levantamento no navio: inspecção técnica, reconhecimento do local, estudo de um plano de salvamento, rebocador necessário para o desencalhe, entre outras acções técnicas”.

Manuel Claudino Monteiro diz que a equipa regressou à Espanha para elaborar um plano de salvamento a ser entregue ao armador do Terry Tres. E que caberá aos responsáveis do navio submeter o plano às autoridades marítimas para a aprovação e propor quanto tempo vai durar a remoção.

Questionado sobre os tripulantes, o Capitão dos Portos de Barlavento assegura que estão sob a responsabilidade do capitão do Terry Tres e que até ao momento, não se registaram casos de doenças a bordo do navio.

 

 

  1. Antonio Santos

    Srs., nós precisamos saber das causas do encalhe, ainda mais numa zona fora do plano de travessias para a viagem Boavista-Pnovo.

    O quê que estão escondendo?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.