Cabo Verde  e EUA montam programa de cooperação  da Guarda Costeira

1/02/2018 01:04 - Modificado em 1/02/2018 01:04
| Comentários fechados em Cabo Verde  e EUA montam programa de cooperação  da Guarda Costeira

Os Governos de Cabo Verde e dos Estados Unidos da América pretendem montar um programa de cooperação entre a Guarda Costeira americana e a Guarda Costeira cabo-verdiana nas áreas de busca e salvamento. Esta cooperação foi acertada e fundamentada na recente visita do Comandante da Guarda Costeira de Cabo Verde, Pedro Querido Santana, aos EUA, de 24 a 27 de janeiro, em que manteve encontros com a “Massachusetts Maritime Academy” e “US Coast Guard” sedeadas na área de Boston e Woods Hole, Cape Code. Neste quadro, a cooperação bilateral comporta os seguintes eixos fundamentais:

 

  1. Aquisição do software “S.A.R.O.P.S.” – SEARCH AND RESCUE OPTIMAL PLANNING SYSTEM em matéria de busca e salvamento, equipamentos e métodos operacionais. A aquisição do referido software surge, neste esforço de cooperação, como condição de fundo para se dar um salto qualitativo e padronizar métodos operacionais, tanto em matéria de busca e salvamento como no combate aos vários ilícitos praticados no meio marítimo. Assim, em termos de calendarização dos passos a serem dados, a aquisição do software surge como primeira prioridade, para que se possa planificar de seguida, os programas de formação e treino operacional, previstos para 8 a 28 de Julho de 2018.
  2. Planeamento e condução de exercícios conjuntos, tanto em Cabo Verde ou nos EUA. No que tange aos exercícios conjuntos enquanto elemento-chave da parceria que se pretende construir, importa relembrar que Cabo Verde já acumula uma certa experiência nesse domínio. Basta referir-se aos exercícios como os da NATO em 2006, Africa Endeavour entre vários outros que tiveram lugar em território cabo-verdiano.

 

  1. No âmbito formação para quadros da Guarda Costeira cabo-verdiana – Exercício/Formação prevista no período entre 8 a 28 de Julho do ano em curso, a Guarda Costeira cabo-verdiana enviará um grupo de cerca de 10 militares. Esses quadros aprenderão como funciona o Command Center americano e receberão treino teórico e prático sobre busca e salvamento, nas valências de estabelecimento e cálculo de padrões de busca, coordenação, tomadas de decisão, execução, controlo de operações e briefing.  Para além disso, analisarão “case studies” concretos, meios e métodos de comunicação entre equipas, liderança, etc. O Exercício/Formação será realizado em Boston e Woods Hole, Cape Code.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.