Tribunal confirma condenação de Lula e aumenta pena de prisão

25/01/2018 02:03 - Modificado em 25/01/2018 02:03
| Comentários fechados em Tribunal confirma condenação de Lula e aumenta pena de prisão

Os desembargadores encarregues de julgar o ex-presidente do Brasil confirmaram, em segunda instância, por unanimidade, a condenação de Lula da Silva por corrupção.

Por unanimidade, o coletivo de três juízes confirmou esta quarta-feira a condenação do ex-presidente Lula da Silva por corrupção e branqueamento de capitais e o aumento da pena para 12 anos e um mês de prisão efetiva, no julgamento no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), em Porto Alegre.

O desembargador João Pedro Gebran Neto foi o primeiro dos três juízes a pronunciarem-se sobre o recurso apresentado pela defesa do ex-presidente, confirmando a condenação de Lula da Silva em primeira instância.

O segundo juiz a votar pela condenação do ex-presidente foi Leandro Paulsen, que é o revisor do processo, e que também deu como comprovado o pagamento de suborno a Lula da Silva, em forma de um apartamento triplex no Guarujá, em troca do favorecimento da OAS em contratos na Petrobras.

O último desembargador federal a pronunciar-se foi Victor Laus e anunciou igual sentido de voto.

www.jn.pt

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.