Ministro  convicto de que a Morna será classificada como Património Mundial

25/01/2018 01:31 - Modificado em 25/01/2018 01:31

O ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, manifestou-se hoje convicto de que se Cabo Verde fizer todo o “trabalho de casa” a Morna será classificada como Património Mundial.

“O processo de candidatura está muito bem encaminhado, tivemos a assessoria técnica de especialistas internacionais que fizeram outras candidaturas com sucesso e não tenho dúvida, se Cabo Verde fizer todo o trabalho de casa iremos ter a morna classificada”, suscitou o ministro, realçando que pela primeira vez o país conseguiu fazer o dossiê completo.

Abraão Vicente assegurou que, neste momento, o dossiê, composto por seis mil páginas, encontra-se na fase de tradução para ser entregue a 31 de Março à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), mas a classificação só será anunciada em Dezembro de 2019.

Para o processo de integração da Morna no Património Mundial, Cabo Verde conta com o apoio do primeiro-ministro português, António Costa, do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, da Cooperação Portuguesa e de todo o bloco da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Fonte: Inforpress

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.