Sal : suspeito de matar Nuno fica em prisão preventiva e em silêncio

20/01/2018 17:18 - Modificado em 20/01/2018 17:19
| Comentários fechados em Sal : suspeito de matar Nuno fica em prisão preventiva e em silêncio

O Tribunal da Comarca do Sal decidiu  colocar   a prisão preventiva o suspeito de ter assassinado com seis tiros o companheiro de trabalho, Nuno Silva,. Na audiência ,para determinar a medida de coacção  , o suspeito remeteu-se ao silêncio e tapou o rosto com as mãos . O suspeito com antecedentes criminais já tinha cumprido uma pena de oito anos de prisão por tentativa de homicídio ocorrido na ilha de Santo Antão , Agora arrisca a pena máxima de 30 anos  pela morte do Nuno e a tentativa frustrada de matar outro colega de trabalho

O crime que aconteceu no interior de uma casa comercial, na zona de Tanquino Norte, em Santa Maria e terá acontecido na sequência de um desentendimento entre o suposto homicida e a vítima, morta com seis tiros.

O corpo do malogrado Nuno ainda não foi  liberado pelas autoridades  que aguardam a chegada do médico legista a ilha do Sal

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.