Figueiras: PM inaugura Sistema de Electrificação Fotovoltaico de Figueiras

19/01/2018 02:58 - Modificado em 19/01/2018 02:59
| Comentários fechados em Figueiras: PM inaugura Sistema de Electrificação Fotovoltaico de Figueiras

A inauguração do Sistema de Electrificação Fotovoltaico de Figueiras, uma das zonas mais encravadas e isoladas do Concelho da Ribeira Grande, vai ter lugar nesta sexta-feira 19, e vai ser presidida pelo Primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva.

O projecto promovido pela Câmara Municipal da Ribeira Grande na produção de energia híbrida (diesel e solar), tem a parceria do Centro Regional da “CEDEAO” para as Energias Renováveis e Eficiência Energética (ECREEE), da United Nations Industrial Development Organization (UNIDO), da Associação dos Municípios de Santo Antão, do Programa das Pequenas Subvenções do Fundo Mundial para o Ambiente (GEF-SGP) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

A cerimónia, para além do Primeiro-ministro cabo-verdiano vai ter a presença do Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande e da Associação dos Municípios de Santo Antão, Orlando Delgado, do Ministro de Estado dos Assuntos Parlamentares, da Presidência do Concelho de Ministros e do Desporto, Fernando Elísio Freire e da Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas e representante do PNUD em Cabo Verde, Ulrika Richardson.

Orçado em quase 51 mil contos, o Sistema de Produção de Energia Híbrida (diesel e solar) está incluído num enorme pacote designado “Promoção de Sistemas de Energias Renováveis de Pequena e Média Dimensão em Cabo Verde”, direccionado para as localidades de Figueiras e Ribeira Alta, promovendo assim a diminuição das vulnerabilidades socioeconómicas destas duas comunidades rurais, para além de fornecer aos utilizadores o acesso à energia renovável gerada a pouco preço.

Para além da problemática da energia eléctrica, estas duas comunidades ainda enfrentam graves problemas de comunicação para conseguirem alcançar as duas localidades mais próximas, Chã de Igreja do Vale de Garça e Espadana de Lagoa, no Planalto Leste. Como forma de fazerem chegar as suas produções agrícolas, da pesca e de outros produtos a estes locais, são utilizados burros que são criados para estes casos específicos e botes.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.