Achada Grande Trás : O corpo achado  em elevado estado de decomposição ainda não foi identificado  

19/01/2018 02:44 - Modificado em 19/01/2018 02:44
| Comentários fechados em Achada Grande Trás : O corpo achado  em elevado estado de decomposição ainda não foi identificado  

O corpo foi encontrado por alguns jovens, residentes de Achada Grande Trás, por volta das 9h da manhã de quinta-feira  O corpo estava já em avançado estado de decomposição, esqueleto, mas o cabelo mantinha ainda o penteado, ainda que meio desfeito, e “tinha totós”, revela o residente de Achada Grande Trás.

Os esqueletos aparentam ser de uma mulher. Estes foram descobertos, por um grupo de quatro rapazes que alegadamente estavam a dirigir-se para a costa de Salinas, para apanha de búzio.

Adilson Lopes de Pina, um dos integrantes do grupo, em declarações a Inforpress disse que “as ossadas humanas aparentam ser de uma mulher,” e que estavam expostas, mas escondidas debaixo de uma árvore. E logo que descobriram as ossadas contactaram os familiares de um policial vizinho que reside em Achada Grande Trás e que estes contactaram as autoridades, tendo a Polícia Nacional circulado de imediato o perímetro para garantir a segurança.

Não foi  possível saber mais informações sobre este caso que está a ser averiguado pela PJ e que não avançaram quais informações para não comprometer as investigações.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.