Djo da Silva integra a Comissão Regional dos CVMA

17/01/2018 05:04 - Modificado em 17/01/2018 05:04

As Comissões Regionais de Nomeação já estão a trabalhar para fazerem a triagem regional dos potenciais nomeados dos CVMA by Unitel T+ 2018, que este ano consideram trabalhos lançados entre 01 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2017.

São quatro as comissões regionais de nomeação – África; Europa Ocidental; Europa Central e de Leste e América. A ideia é que cada comissão faça a triagem regional, considerando que a produção de música feita por artistas cabo-verdianos acontece numa nação com artistas espalhados por vários países.

De acordo com a produção, cada comissão é composta por um grupo de trabalho que reúne produtores, jornalistas, músicos e agentes culturais com ligações reconhecidas à música cabo-verdiana.

Estão a concurso 16 categorias, às quais se somam 5 menções honrosas por indicação directa do júri.

Os Cabo Verde Music Awards são o “Prémio Oficial da Música de Cabo Verde” segundo o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, e a entrega dos prémios aos vencedores acontece no dia 5 de Maio de 2018.

Composição das comissões regionais

Djo da Silva – Vice-presidente do Júri e Coordenador da Comissão África

José (Djo) da Silva, Presidente da Sony Music Entertainment na Costa do Marfim, celebrizou-se no mundo da música como manager e produtor de Cesária Évora. Em 1988 fundou a editora Lusafrica e com ela lançou a música tradicional cabo-verdiana no mundo.

Além de Cesária Évora, o maior sucesso de sempre da música cabo-verdiana, a Lusafrica financiou artistas como Baú, Teófilo Chantre, Bonga, Lura, Tcheka, Elida Almeida e muitos outros artistas nacionais.

Em 2008 lançou o seu próprio festival: o “Kriol Jazz Festival”, que rapidamente se tornou numa referência na África Ocidental. Em 2013, produziu para o Ministério da Cultura de Cabo Verde o Atlantic Music Expo.

Carlos Pedro – Coordenador Comissão Europa Ocidental

Dj, Produtor e Realizador de Programas da RDP África do grupo RTP (Rádio e Televisão de Portugal) desde 1994, onde realiza e apresenta vários programas musicais. Em 1995, afirmou-se como DJ profissional.

Em 2014, criou a plataforma “DNA Kizomba” nas redes sociais, onde realiza entrevistas em formato de vídeo com os mais variados artistas africanos, para melhor difundir e divulgar a cultura dos povos africanos.

Associação Matiota – Coordenador (colectivo) Comissão Europa Central e de Leste

Matiota é uma associação sedeada em Roterdão com mais de 15 anos de experiência em programação e divulgação dos artistas e da música cabo-verdiana na Europa, com especial enfoque nos Países Baixos.

A associação trabalha não só na promoção de novos talentos mas também na criação de espaços e palcos para a apresentação de artistas já consagrados. Tem sido responsável pela organização de vários eventos em Roterdão como “Cabo Music Awards”, “Dunya Festival”, “Matiota XXL” e, mais recentemente, “Sodade Festival”.

Djon Ramos – Coordenador Comissão América

Djon Ramos é formado em gestão internacional de negócios e educação.

No mundo artístico é compositor de temas gravados por alguns dos mais conhecidos artistas cabo-verdianos e produtor de música e de eventos.

Como activista cultural e social, Djon Ramos é um dos coordenadores do Festival de celebração da independência de Cabo Verde em Boston e é fundador do Morabeza Music Festival em Rhode Island.

Outros membros

Fazem ainda parte das comissões regionais outras personalidades como Paulo Marchã, produtor e manager; Miguel Martins, jornalista RFI (comissão Europa Ocidental); Osvaldo Moura, animador RCV; Wilson Tavares, animador Rádio Cidade; Patrick Borges, manager e produtor; Tó Tavares, músico (comissão África); Pedro Ben’oliel Chantre, jornalista e activista cultural (comissão América)

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.