V Reunião Anual de Alto Nivel Cabo Verde Canárias

11/01/2018 23:53 - Modificado em 11/01/2018 23:53

O Governo da República de Cabo Verde e o Governo Regional das Canárias, irão realizar a Vª REUNIÃO ANUAL DE ALTO NIVEL, na segunda-feira, 15 de janeiro 2018, em Las Palmas de Gran Canária.

Este mecanismo de seguimento/monitoring global das relações de parceria alargada entre Cabo Verde e a Comunidade Autónoma das Canárias, é copresidido pelos dois Chefes de Governo, e a sua agenda consubstanciar-se-á num balanço das relações políticas e de cooperação desenvolvidas desde 2016, bem como na sua projeção a curto prazo, a serem refletidos no Comunicado Final a ser adotado.

Relembre-se que em novembro de 2016, ambos os Governos assinaram um Memorando de Entendimento que proclama o estabelecimento de uma Aliança Estratégica, baseada no diálogo político para o desenvolvimento de projetos de interesse comum alicerçados nas semelhanças e potencialidades dos dois Arquipélagos, e cobrindo setores e áreas prioritárias, com destaque para, as energias renováveis, a agua/saneamento, o ordenamento do território, os transportes aéreos e marítimos, a formação de recursos humanos e a investigação, o meio ambiente, o crescimento azul, a cultura e a cooperação económica e empresarial.

A preceder a Reunião de Alto Nível, o Primeiro-Ministro, Ulisses Correia e Silva, será recebido pelo Presidente da Câmara da cidade de Las Palmas, Augusto Hidalgo Macario, bem como pelo Presidente do Conselho da Ilha de Gran Canaria, Antonio Morales Méndez.

Neste âmbito, o Primeiro-Ministro chefia uma Delegação integrada pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares, o Ministro do Turismo e Transportes e Ministro da Economia Marítima, José Gonçalves, e a Ministra das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, Eunice Silva.

Relembre-se, que as relações entre Cabo Verde e Canárias tiveram a sua génese nos finais dos anos 90, quando se assinou o Convénio-Quadro de Colaboração em 1999, tendo sido complementado desde então por várias medidas e instrumentos jurídicos e programáticos. A saber: a abertura de escritórios da PROEXCA/Câmaras de Comércio Canária (2000) e da “Casa Canarias” (2010) na cidade da Praia, 4 Reuniões anuais de alto nível(2009 2010, 2012 e 2016), 3 Programas Indicativos de Cooperação (PIC) bilaterais, entre 2002 e 2010, integração e reforço programático desta relação no quadro da Parceria Especial Cabo Verde /União Europeia, no seu pilar Integração Regional na vertente regiões ultraperiféricas, assim como  a operacionalização do  Programa de Cooperação Transnacional Madeira, Açores e Canárias (PCT MAC), com cofinanciamento do FEDER da UE, extensivo a Cabo Verde, Mauritânia e Senegal.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.