Ribeirinha: Cadáver de um homem fica mais de sete horas à espera de ser removido

10/01/2018 00:11 - Modificado em 10/01/2018 00:13
| Comentários fechados em Ribeirinha: Cadáver de um homem fica mais de sete horas à espera de ser removido

O corpo de um homem foi encontrado faltava pouco para as 23h00 do dia 6 de Janeiro  e ficou no local até depois das 8h00 do dia seguinte  devido à falta de materiais para se fazer o  levantamento.

O corpo de um indivíduo de 41 anos já se encontrava em avançado estado de composição, foi encontrado sem vida dentro da sua residência na Zona de Ribeirinha, em frente ao Bar Boa Noite.

O caso aconteceu no passado fim-de-semana, sábado 06 de Janeiro, quando foi dado o alerta por uma vizinha do falecido. Ao ter conhecimento do ocorrido, a polícia deslocou-se ao local onde constatou que o corpo do homem já se encontrava em avançado estado de decomposição, perceptível pelos odores.

De acordo com fontes policiais, o facto foi comunicado às autoridades competentes, tendo o médico autorizado, por volta das 01h30 a remoção imediata do cadáver, o que não aconteceu, porque os Bombeiros Municipais não se encontravam na posse de material adequado para colocar o cadáver.

Segundo a mesma fonte, perante tal situação, foi necessário manter dois elementos da PN no local para a sua preservação, pondo em causa a saúde pública e o levantamento do cadáver aconteceu apenas depois das oito da manhã, mais de sete horas após o médico autorizar o levantamento do corpo. A causa de morte, segundo declaração médica, foi natural.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.