Para Augusto Neves 2018 é o ano de São Vicente

9/01/2018 16:11 - Modificado em 9/01/2018 16:11

Augusto Neves, presidente da Câmara de São Vicente considera o ano de 2018, o ano de São Vicente. Esta afirmação é baseada nas realizações que espera acontecer na ilha durante o ano. E este sentimento também vem do “bom relacionamento com o governo”, que descreve que tem demonstrada uma maior abertura.

“Pela premeria vez a ilha está sendo contemplada e de que maneira. grandes investimentos irão arrancar em São Vicente. O terminal de cruzeiros, “já com financiamento”, estrada baía das gatas, ampliação do hospital e outros financiamentos, são destacados pelo edil.

“São Vicente está sendo muito bem contemplada e muito bem visto pelo governo”, como afirma. Para o edil o novo governo tem as atenções voltadas para São Vicente, e que o bolo tem sido repartido equitativamente, depois de anos de dificuldades, e de uma política que esqueceu da ilha no passado.

O edil demonstra satisfeito com a implementação do Ministério da Economia Marítima na ilha, “o que acontece pela primeira vez na história democrática desta ilha”, como sublinha. E ainda avança a construção de três grandes hotéis, “com disponibilização financeira garantida”, os trabalhos do terminal de cruzeiros já vai arrancar, assim como a ampliação do hospital e centro de saúde de Monte Sossego

“Mas o grande projecto é o plano para São Vicente e que tem como objectivo central o desenvolvimento da economia mindelense, a redução do desemprego e a melhoria da qualidade de vida dos sanvincentinos”, como perspectiva.

Para o edil “hoje, existem perspectivas claras de desenvolvimento e da resolução do problema que é o desemprego jovem, deixado pelo governo anterior do PAICV, agora mascarado e disfarçado com outros nomes em São Vicente”, como acusa o edil. Relembra que das análises feitas em São Vicente algumas não foram abonatórias ao governo e a distribuição dos recursos.

 

  1. Jose Carlos

    O tipo so pode estar à procura de um cargo no Governo.
    Devia ter vergonha na cara. Então SV é a ilha com menos investimento por habitante do País, ainda quando é a segunda ilha em população e que contribui para o PIB e tem 2,4% de investimentos, e ainda diz que é o ano de SV.

  2. Dai

    Isso ja era com ele la e so pa tras sem ele ke tem moral pa modelo

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.