Governo aposta no Carnaval com financiamento à volta dos sete milhões de escudos

8/01/2018 01:41 - Modificado em 8/01/2018 01:41
| Comentários fechados em Governo aposta no Carnaval com financiamento à volta dos sete milhões de escudos

O Governo, com base na análise dos resultados do primeiro edital para o incentivo ao Carnaval de São Vicente e São Nicolau, e através do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, abre os cordões à bolsa e avança com a disponibilização de sete milhões de escudos cabo-verdianos para os grupos de carnaval de São Vicente e São Nicolau. Para o Governo, foi uma aposta ganha na dinamização cultural, económica e social, além do aspecto turístico, em Cabo Verde. O montante vai ser disponibilizado aos três grupos oficiais de São Vicente e São Nicolau.

Na descriminação do montante, os grupos oficiais de São Vicente recebem um milhão de escudos cada, exceptuando o Samba Tropical com oitocentos mil escudos. Para este último grupo, o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas entendeu atribuir este valor em incentivos, uma vez que o grupo Samba Tropical, apesar de ser emblemático não participa na competição oficial organizada pela Câmara Municipal local”, como justifica o Governo.

Já para os grupos de São Nicolau, onde não existe um concurso oficial mas apenas o “amor ao Carnaval e à tradição”, o Governo dispõe de novecentos mil escudos ao Copa Cabana, como um incentivo extra pela celebração, este ano, dos seus 75 anos de existência, seiscentos e cinquenta mil escudos para o Estrela Azul e Brilho de zona. Para estes dois grupos, o montante foi menor e o Governo justifica que apesar de “os dois grupos não terem cumprido todos os requisitos estipulados no edital 2018, nomeadamente, o envio de documentos incompletos e relatório de Incentivo ao Carnaval 2017 dentro dos prazos estipulados, o MCIC entendeu que deve continuar a apoiar estes grupos, mesmo que reduzindo o valor do financiamento. Desta forma, pretende continua a estimular o Carnaval na ilha e dar um sinal de que as regras do edital devem ser cumpridas. O Governo de Cabo Verde, através do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, assume e propõe-se de incentivar toda a Indústria/Economia Criativa à volta do Carnaval de São Vicente e do Carnaval de São Nicolau, proporcionando assim uma distribuição de renda de forma a estimular os grupos e as várias classes profissionais envolvidas directa ou indirectamente que irão ter acesso ao incentivo na materialização das suas actividades profissionais.

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.