Praia : Autopsia revela que Tunga Né morreu devido a uma queda acidental

4/01/2018 01:49 - Modificado em 4/01/2018 01:49

O estilista Armando Neves, de nome artístico Tunga Né, faleceu no passado dia 1 de janeiro na cidade da Praia. O corpo sem vida do estilista foi encontrado na zona da Cidadela, nas imediações do local onde decorreu uma festa privada onde o estilista terá estado durante a passagem de Ano. A autopsia realizada confirmou  “ a morte por acidente” Conforme a Médica-Legista, Tunga Né terá sofrido um Politrauma/traumatismo crânioencefálico, fratura do fémur direito, fratura do punho direito e fratura da mão direita, resultante de uma queda acidental.

A residir em Cabo Verde desde 2014, Tunga Né nasceu em Luanda e era filho de pai angolano e mãe cabo-verdiana. Viveu em Angola até perto dos seus 21 anos, para em 1999 emigrar para a Europa – primeiro Portugal e depois Holanda, país onde residiu até resolver fixar residência em Cabo Verde. Foi também na Holanda que teve a oportunidade de estudar moda se especializou em desenho, corte e costura.

  1. Calu di Praia

    Autópsia super rápida e conclui que a morte foi acidental …. será que não se investiga ?
    Como existe tanta certeza de que não existiu mãozinha a empurrar ? Ou não convêm piorar mais a estatística das festas ?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.