São Vicente : Estilhaços atingem pessoas durante fogo-de-artifício  

2/01/2018 03:46 - Modificado em 2/01/2018 03:46
| Comentários fechados em São Vicente : Estilhaços atingem pessoas durante fogo-de-artifício  

O perímetro de segurança não protegeu a multidão dos estilhaços dos fogos-de-artifício. O clima foi de festa na passagem do ano em São Vicente e cumpriu-se a tradição no que diz respeito ao clima e às tradições do fim do ano com o “pit na baía”, o fogo-de-artifício e o show da música na Rua de Lisboa. Momentos de euforia e convívio entre as pessoas.

A CMSV mudou o perímetro de segurança para os fogos-de-artifício como medida para evitar problemas daquilo que tem sido uma das grandes atracções do final de ano. O fogo que durou cerca de quinze minutos agradou as pessoas que correspondiam com gritos.

O ponto foram os estilhaços dos foguetes que caíram nas pessoas que estavam na Avenida Marginal, criando algum frenesim no local.

A Rua de Lisboa vibrou com os artistas convidados. Assim que terminaram os fogos-de-artifício, a procissão prosseguiu para a Rua de Lisboa. Não convém destacar nenhum artista ou grupo, já que todos vibraram as pessoas que não saíram. Morgan Heritage fechou o palco já com a luz do dia onde as pessoas saltavam e cantavam.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.