Motim em prisão no Brasil provoca nove mortos e 14 feridos

2/01/2018 03:34 - Modificado em 2/01/2018 03:34
| Comentários fechados em Motim em prisão no Brasil provoca nove mortos e 14 feridos

Pelo menos nove pessoas morreram e outras 14 ficaram feridas hoje durante um motim numa prisão na região metropolitana de Goiania, capital do Estado brasileiro de Goias, anunciaram fontes oficiais.

Um grupo de presos em regime semiaberto invadiu um pavilhão do complexo prisional da Aparecida de Goiania, onde se encontravam reclusos de um grupo rival, e incendiaram algumas instalações, tendo sido necessário chamar os bombeiros, de acordo com as mesmas fontes.

Um total de 34 presos conseguiram fugir durante o motim que, segundo as primeiras informações, já foi controlado pelas autoridades.

Familiares dos presos juntaram-se à porta da prisão para tentar obter informações sobre o que tinha acontecido e alguns deles chegaram a ser avisados por mensagem da morte de reclusos, segundo relataram os meios de comunicação locais.

O Brasil viveu em janeiro do ano passado um dos episódios mais trágicos da sua história prisional com homicídios em prisões dos Estados do Amazonas, Roraima e Rio Grande do Norte, que provocaram mais de 130 mortes.

O pior massacre teve lugar há exatamente um ano no complexo prisional Anísio Jobim, na cidade amazónica de Manaus, onde 56 presos morreram numa luta entre fações rivais, o que demonstrou a grande influência que têm no interior das prisões e evidenciaram a insegurança, sobrelotação e más condições do sistema penitenciário brasileiro

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.