Quádruplo homicídio em Nova Iorque. Família encontrada morta na cave

29/12/2017 02:05 - Modificado em 29/12/2017 02:05

Duas mulheres e duas crianças, com 5 e 11 anos, foram encontradas sem vida e com sinais de violência extrema, na cave de sua casa, em Nova Iorque.

Adescoberta macabra foi feita na terça-feira passada pelo arrendatário da residência, depois de ter sido alertado para a ausência da família. O homem encontrou as duas mulheres, uma de 36 anos e outra de 22, e as duas crianças sem vida, um dia depois do Natal, e com sinais de extrema violência. Todos tinham as mãos atadas e as gargantas cortadas, de acordo com o Albany Times Union.

As crianças, um menino de 11 anos de idade e uma menina de 5, eram filhos da mulher mais velha, que morava com a companheira.

As autoridades indicam que este quádruplo homicídio não foi aleatório e que os sinais de violência parecem indicar que a família era um alvo específico.

“Há indicações na cena do crime que nos permitem dizer que este não foi um ato aleatório. Só posso pedir que, caso tenham alguma informação, nos liguem”, afirmou James Tedesco, chefe da polícia de Troy, em conferência de imprensa.

O mesmo responsável indicou que, para já, a investigação ainda está no início e existe “uma amálgama de informação”. “Estamos a falar com muitas pessoas, mas, nesta altura, não existe uma pessoa que se possa considerar suspeita”, acrescentou.

Sublinhando que não acredita que exista perigo para a comunidade, Tedesco não deixa de manifestar o seu espanto com o caso: “Depois de quase 42 anos nesta profissão, posso dizer que nunca vi selvajaria como esta”.

 

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.