Post / Greve na PN : Diálogo de surdos

28/12/2017 08:17 - Modificado em 28/12/2017 08:17
| Comentários fechados em Post / Greve na PN : Diálogo de surdos

Subescrevo o post do deputado Júlio Correia: a greve da PN é inoportuna assim como a incompetência do Ministro em evitar uma greve inoportuna. Os larápios agradecem. A bandalheira também. A preocupação essa fica: como é possível uns e outros não terem conseguido evitar a grave. Perdem todos. E  país ainda mais. A economia pode se descontrolar, o orçamento derrapar. Mas a POLICIA não pode estar descontrolada. E está. São 23h 54 m em São Vicente ligo para o 132 e ninguém atende. E se fosse um assalto? Uns e outros brincam com coisas sérias. Os danos para a imagem de Cabo Verde podem ser irreparáveis. O ministro Paulo Rocha enquanto diretor nacional da PJ não conseguiu evitar em 2014 a greve dos inspetores dessa corporação e agora perde a autoridade frente aos agentes da PN quando não consegue evitar a greve e a requisição civil não foi acatada. A PN está sem controlo  e isso não é bom .

Eduino Santos

 

Greve na PN
Este não é tempo de greve e nem é tempo de ter a Polícia em estado de greve.
Nem tão pouco este é o melhor momento (tempo do fim do ano) para a greve da Polícia Nacional, nem é a melhor opção a requisição civil. Antes de mais, anda a falhar a capacidade negocial e a argumentação em prol de uma solução de compromisso. O contingente da Polícia Nacional diz ter razões nas suas reivindicações, aliás consubstanciadas no acordo com o Ministério da Administração Interna, em março passado. Só que as razões não são absolutas, submetendo-se às circunstâncias e aos circunstancialismos do país. O que não pode prevalecer, em prejuízo da ordem e da segurança, da população e da comunidade, é o diálogo de surdos que parece ter instalado.
Não se pode perder a capacidade de entendimento. Que posições plausíveis estiveram em cima da mesa? Terá feito o governo o que lhe competia fazer para mitigar e relativizar esta grave e seus efeitos? Não aplaudindo a greve, por inoportuna, subscrevo como legitima a manifestação de desagrado e de indignação da Polícia Nacional e a luta pelos direitos.

 

https://www.facebook.com/julio.correia.90

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.