Balanço 2017 / Crimes :  Três homicídios  ficaram por resolver  e maior apreensão de cocaína

27/12/2017 02:20 - Modificado em 27/12/2017 02:33
| Comentários fechados em Balanço 2017 / Crimes :  Três homicídios  ficaram por resolver  e maior apreensão de cocaína

Passados dez meses sobre o assassinato do casal de idosos ocorrido no Madeiralzinho, a Polícia Judiciária ainda não encontrou nenhum suspeito e não sabe quem foi o autor do crime  ou não consegue esclarecer o que aconteceu. No dia 4 de Março, o casal de idosos foi encontrado morto dentro da própria residência e não se encontraram indícios de arrombamento na casa.  

Também foi apurado na altura junto de familiares que não houve roubo de bens, pois foram encontrados em casa “uma quantia apreciável” de ouro, a TV, a aparelhagem de som, os electrodomésticos e dois mil escudos em dinheiro.

Outro homicídio que fica por resolver é o de Rudy Michel Tiene Andrade, de 28 anos, que morreu devido aos ferimentos na cabeça sofridos durante um atentado ocorrido em Abril, em frente da sua residência em Chã de Marinha em São Vicente. O jovem foi baleado na cabeça, o que lhe provocou a morte, e nos joelhos.

Dois crimes, com três assassinatos que deixaram a população de São Vicente em pânico. A forma como os crimes foram executados, um casal de idosos dentro da própria residência e um jovem à porta da própria casa, levantou a questão da violência na ilha, embora os dados avançados digam que a criminalidade tenha abaixado. A Polícia Judiciária tem seguido os casos, mas ainda sem suspeitos.

No mês de Junho, a ilha registou um caso de homicídio seguido de suicídio de um casal. Dicha Évora, de 35 anos, matou a ex-companheira Cilene Patrícia, de 30 anos, asfixiando-a e depois enforcou-se numa árvore na zona do Clube de Golfe de São Vicente, na Ribeira de Julião

A jovem foi encontrada morta dentro de um carro perto do local onde Dicha se enforcou. A análise ao corpo revelou que Cilene estava grávida de três meses. O corpo do homem foi encontrado sem vida pendurado numa árvore. A causa da morte é o estrangulamento provocado por uma corda.

 Maior apreensão de cocaína em São Vicente

As autoridades policiais fizeram, em Agosto, a maior apreensão de cocaína em São Vicente. Cerca de 1150 quilos, foi a quantidade de cocaína apreendida na Marina do Mindelo num iate proveniente do Brasil. Esta apreensão passou a constituir um novo recorde.

Foram detidas quatro pessoas numa operação a nível internacional, tendo a droga origem na América do Sul com destino à Europa. Na primeira fase da operação foram descobertos quinhentos quilos durante a noite de quarta-feira. Mas a quantidade subiu para 1150 quilos  com  a fim das buscas.

A tripulação da embarcação ao atracar na Marina do Mindelo era composta por três brasileiros e um francês.

Assaltos num único fim-de-semana

Julho: no supermercado Fragata na Praça Dom Luís, na sexta-feira, 07 de Julho e no sábado, no supermercado RVM na Praça Estrela. Para terminar, na segunda-feira, a Casa de Câmbios na Rua Fernando Ferreira Fortes também foi visitada pelos assaltantes.

No total dos três roubos contabilizaram-se pouco mais de mil contos.

O primeiro assalto que aconteceu na sexta-feira no supermercado Fragata da família Vasconcelos Lopes, na Praça Dom Luís, ocorreu de dia sem o uso de nenhuma arma. Um motociclista entrou no local, levou o saco de 700 mil escudos e fugiu numa mota com o cúmplice que o esperava à entrada.

No dia seguinte, pela madrugada, foi a vez do supermercado RVM, perto da Praça Estrela. Não se conhecem os meandros do acontecimento para este assalto, nem o montante levado pelos meliantes.

O terceiro assalto foi na Casa de Câmbios na Rua Fernando Ferreira Fortes. Um nigeriano armado com uma arma de fogo, assaltou o local pela manhã levando consigo cerca de 500 contos. Dominou a proprietária e uma outra pessoa que se encontrava no interior do estabelecimento, apoderou-se de um saco com o dinheiro e pôs-se em fuga. No caminho, ainda sequestrou um táxi com a arma apontada ao condutor para que este o tirasse do local.

Dias depois, um cidadão nigeriano foi detido pela PJ e acusado pelo Ministério Público como o autor do assalto à Casa de Câmbios no Mindelo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.