Portugal : Homem acusa namorado de o ter violado e acorrentado três meses numa cave

20/12/2017 08:07 - Modificado em 20/12/2017 08:07

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar as denúncias de um homem, de 48 anos, que diz ter sido vítima de crimes de violação e de sequestro, em Gaia, pelo seu namorado de há 20 anos. Queixa-se que ele o acorrentou numa cave, durante três meses, até que conseguiu fugir e refugiar-se na casa de amigos, em Vila Verde.

De acordo com a denúncia, apresentada no posto da GNR de Vila Verde, os crimes terão decorrido num quadro de violência doméstica, entre setembro, outubro e novembro, em que o queixoso diz ter sido violado, depois de espancado e acorrentado no pescoço como um cão ao longo da noite, geralmente até às seis horas da manhã, sem comer nem beber.

Mário apresentou queixa contra o antigo companheiro referindo que tudo terá ocorrido numa habitação, na freguesia da Madalena, em Vila Nova de Gaia, a partir do momento em que terminou a sua relação de vinte anos.

O queixoso disse que só conseguiu fugir com a ajuda da mãe do suposto agressor, que lhe deu 250 euros. Apanhou um táxi para Braga e foi recolhido por amigos, em Vila Verde, onde diz aguardar por justiça.

jn.pt

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.