Investigação : PGR vai ouvir Vieira Lopes e Joaquim Monteiro  

19/12/2017 01:33 - Modificado em 19/12/2017 01:33
| Comentários fechados em Investigação : PGR vai ouvir Vieira Lopes e Joaquim Monteiro  

 

A Procuradoria- Geral da República já marcou nova data para ouvir Amadeu Oliveira: 21 de Dezembro. A novidade é que a PGR também quer ouvir o advogado Vieira Lopes e o Ex- candidato a Presidência da República Joaquim Monteiro. Por coincidência ou não as pessoas que estiveram com o advogado Amadeu Oliveira na conferência de imprensa do Mindelo onde o jurista fez as acusações e denúncias contra magistrados, juízes e membros da Secção de Justiça do Supremo Tribunal de Justiça. O NN tentou o contacto com essas duas personalidades, mas até agora não foi possível, no sentido de saber em que condição foram chamadas para serem ouvidas pelo PGR. Quando ao decano dos advogados cabo-verdianos, este é conhecido pelas suas criticas ao sistema judicial vigente no País e falou na referida conferência colocando-se ao lado  do advogado Amadeu Oliveira  afirmando que subescreve as denúncias feitas  em relação ao sistema de justiça.

Quanto ao ex-candidato a Presidência da Republica, Joaquim Monteiro, apenas acompanhou o advogado na referida conferência de impressa e não falou.

O Ministério Público  confirmou a notícia avançada pelo NN  que iniciou as investigações as denúncias feitas pelo advogado Amadeu Oliveira

“Decorrem na Procuradoria-Geral da República (PGR) os autos de instrução que têm na sua origem denúncias públicas efetuadas pelo cidadão e advogado Amadeu Oliveira contra juízes do Supremo Tribunal de Justiça”. A PGR acrescenta que, desde a abertura de instrução, têm sido “realizadas diligências de recolha de prova”, adiantando que, a 24 de outubro, o denunciante “foi formal e processualmente notificado para juntar os elementos de prova de que dispõe”.

“Os autos continuam a aguardar que venha fazer a junção dos documentos e meios de prova que diz dispor quanto aos factos que deram origem aos presentes autos de instrução”, refere o comunicado

Tudo indica que a audição de Vieira da Silva e Joaquim Monteiro enquadra-se na estratégia de investigação que está a ser seguida pela PGR.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.