Eleições nos EUA vão ser as mais caras de sempre

28/10/2012 21:00 - Modificado em 28/10/2012 21:00
| Comentários fechados em Eleições nos EUA vão ser as mais caras de sempre

Uma economia em abrandamento, que mantém o desemprego em máximos históricos, é a principal preocupação manifestada pelos norte-americanos em vésperas das eleições de 6 de Novembro, que serão as mais caras de sempre, movimentando perto de 5,8 mil milhões de dólares (4,4 mil milhões de euros). 

Embora todas as atenções estejam concentradas na 57.ª corrida presidencial, entre o Presidente democrata Barack Obama e o republicano Mitt Romney, dentro de duas semanas estão em disputa também todos os 435 lugares da Câmara de Representantes e 33 lugares para o Senado, cujo controlo poderá mudar de mãos.

Este é o primeiro ciclo eleitoral completo desde a autorização pelo Supremo Tribunal dos chamados “Super PAC”, prevendo a organização não-governamental Center for Responsive Politics que entidades exteriores invistam perto de 750 milhões de dólares (576 milhões de euros).

“Mais importante ainda que o total despendido”, afirma a diretora da CRP, Sheila Krumholz, “a grande diferença neste ciclo é o tamanho da porção desse dinheiro que vem de grupos supostamente independentes, frequentemente secretos”.

 

 

 

oje.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.