PN volta a ameaçar com  uma nova paralisação a nível nacional

15/12/2017 00:31 - Modificado em 15/12/2017 00:32
| Comentários fechados em PN volta a ameaçar com  uma nova paralisação a nível nacional

Este é o segundo pré-aviso de greve da Polícia Nacional neste ano. Isto porque em Março, o Sindicato Nacional da Polícia havia anunciado que os agentes da PN iriam realizar uma greve de três dias, 30, 31 de Março e 01 de Abril, seguida de uma manifestação.

Entretanto, quase nove meses depois da assinatura de um acordo entre o Ministério da Administração Interna e o SINAPOL, em que este último se considerava satisfeito com os termos do acordou ao ponto de suspender esta primeira greve, agora avança com mais um pré-aviso de greve de três dias, agendada para os dias 27, 28 e 29 de Dezembro, abrangendo todo o território nacional. Isto porque, segundo a SINAPOL, o Ministério da Administração Interna (MAI) não cumpriu o acordo.

“Face à violação do memorando de entendimento assinado entre o SINAPOL e o MAI, vem por esta via a Direcção da SINAPOL apresentar o pré-aviso de greve da PN para os dias 27, 28 e 29 de Dezembro”, diz o comunicado do pré-aviso enviado ao MAI e à Direcção-Geral do Trabalho (DGT).

Uma vez que o MAI não cumpriu o memorando de entendimento, as razões de luta da PN mantêm-se.

Esta nova ameaça de paralisação irá prevalecer, caso o Governo não satisfaça as suas reivindicações e cumpra o acordo assinado.

Além da actualização salarial do pessoal policial da PN, com efeito a partir do dia um de Janeiro de 2018, como acordado com o MAI, exigem a redução da carga horária que vem prejudicando a grande maioria do pessoal da PN e a introdução do regulamento de trabalho, pagamento de subsídio de condição policial ao pessoal policial da Guarda Fiscal com efeito retroactivo, enumera o comunicado.

O mesmo documento faz ainda referência ao pagamento de 25% sobre o vencimento de subsídio de condução ao pessoal da PN que exerce, cumulativamente, as funções de condutores auto e moto.

Segundo o sindicato, a greve de 72 horas vai abranger todos os comandos e unidades da PN em todas as ilhas e concelhos.

Este é o segundo pré-aviso de greve apresentado pela Polícia no decorrer deste ano de 2017. Um pré-aviso de greve face ao descontentamento e também uma forma de protesto da PN face à violação do acordo de entendimento de Março.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.