MpD aprova OGE porque assume o pilar social como uma imagem de marca

14/12/2017 01:30 - Modificado em 14/12/2017 01:30
| Comentários fechados em MpD aprova OGE porque assume o pilar social como uma imagem de marca

O Orçamento de Estado para 2018 foi aprovado na globalidade pelo Parlamento. O documento foi aprovado apenas pelo MpD, com trinta e quatro votos. A oposição votou contra, sendo vinte e três votos do PAICV e três da UCID.

Para o MpD, o voto favorável do documento justificou-se pelo facto do Orçamento assumir o pilar social como uma imagem de marca, com cerca de dez milhões de contos. O PAICV, como já tinha admitido na abertura do debate, justificou que o Orçamento não corresponde às necessidades das pessoas e ainda, que não é transparente. Para o PAICV, as expectativas dos cabo-verdianos saem frustradas. A UCID tinha assumido que se o Orçamento não fosse melhorado votaria contra e tinha feito algumas sugestões. A UCID votou contra porque tinha apresentado uma proposta de aumento salarial em dois e meio por cento na administração pública e a mesma foi rejeitada pelo Governo.

Com o documento já aprovado, o Ministro da Economia, Olavo Correia, assume que “foi um bom debate, com confrontos de ideias e de posições contraditórias” e que o partido herdou “um país difícil, empresas públicas falidas, uma Administração Pública não adaptada ao contexto actual e às exigências do mundo moderno. Também um país em que o acesso ao financiamento era muito difícil, as empresas enfraquecidas, com baixa capacidade para empreender, para inovar e exportar”. Termina afirmando que era o momento de reformar e crescer ao mesmo tempo e que “é um desafio difícil”.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.