Santo Antão: Transformação do Polivalente David Fortes num Pavilhão coberto traz muita satisfação e excelentes expectativas futuras 

13/12/2017 01:17 - Modificado em 13/12/2017 01:17

As palavras de Fernando Elísio Freire aquando da sua visita à Cidade do Porto Novo, em transformar o Polivalente David Fortes na Cidade da Ribeira Grande num Pavilhão coberto, caíram bem no seio da população ribeira-grandense, pois trata-se de uma revindicação antiga dos jovens deste Concelho.

Por se tratar de uma revindicação há muito feita pelos jovens desta localidade que se vem arrastando há vários anos junto da edilidade local, o Ministro do Desporto na visita efectuada recentemente à Cidade do Porto Novo, afirmou que o Governo vai trabalhar no sentido de efectivar novos projectos para as Cidades do Porto Novo e da Ribeira Grande, no que toca à construção e remodelação de infra-estruturas desportivas até 2019, afirmações estas que caíram bem nos entrevistados na Ribeira Grande que agora esperam um mãos à obra e olham para o futuro com grandes ambições.

“Vai trazer benefícios porque os praticantes terão melhores condições para a prática das suas modalidades e é certo que a motivação vai ser maior para os treinos, pois, se com o actual polivalente já temos vindo a ter resultados positivos em várias modalidades, com certeza, com um Pavilhão, poderemos ambicionar mais e melhorar o nosso currículo de títulos a nível nacional. Já tivemos bons resultados nas modalidades de Voleibol e Andebol e o Futsal está a ganhar um espaço ou uma dimensão interessante”, sustenta Tutuia, treinador do Rosariense Clube da Ribeira Grande que assegura ainda que mesmo no Basquetebol, Santo Antão tem muita matéria-prima e das melhores já vistas em Cabo Verde e, por isso, acredita que se as condições melhorarem a ilha vai estar sempre no pódio.

Para Eliseu Fortes, a materialização do polidesportivo coberto no Concelho será uma realidade bem-vinda para todos os amantes do desporto de salão, uma vez que trará junto um “pacote” inteiro e bem grande de acréscimos e melhorias para todos os praticantes que competem tanto a nível regional como nacional. Eliseu Fortes defende que também há que pensar na criação de outras placas para colmatar o “buraco” que esta irá criar, porque se trata de uma nova infra-estrutura com outras condições, e que vai ter uma gestão melhor organizada.

Eliseu que é também um dos promotores do evento da Copa Futsal da Ribeira Grande e que tem como palco o Polivalente David Fortes, nesta óptica, defende que ter o recinto coberto é o “Puzzle” que faltava para tornar o evento no maior do país, “se é que já não o é pela sua envergadura em termos de participação, mas também pelo seu tamanho e importância para o povo”.

“O nosso tão esperado polidesportivo coberto a tornar-se realidade será o realizar de um sonho para todos os ribeira-grandense e santoantoniense de forma geral, pois os benefícios colmatarão as demandas de quase toda a ilha falando das competições oficiais”, conclui o também atleta natural da Ribeira Grande.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.