Londres: Médicos removem seio a mulher errada

12/12/2017 07:25 - Modificado em 12/12/2017 07:25
| Comentários fechados em  Londres: Médicos removem seio a mulher errada

Os cirurgiões do hospital Northwick Park, no noroeste de Londres, em Inglaterra, retiraram um seio à mulher errada, depois dos resultados dos exames do cancro da mama terem sido trocados com os de outra paciente. Segundo os media britânicos, Maryam Yazdany, de 46 anos, foi submetida a uma cirurgia de oito horas para remover o seio que, supostamente, tinha um tumor cancerígeno. Só dois meses depois da operação é que os médicos admitiram o erro e ligaram para a paciente. “Esta foi uma experiência muito traumática, da qual, provavelmente, nunca mais recuperarei”, contou Maryam.

“Em 2015, senti um nó no peito e fiz uma mamografia. Eles viram alguma coisa e mandaram-me fazer uma biópsia. Pouco tempo depois, diagnosticaram-me cancro da mama avançado. Disseram-me que tinha de remover o peito todo. A cirurgia foi horrível, eu estava cheia de dores e desconforto”, acrescentou. Maryam, que emigrou do Irão para o Reino Unido em 1996, estava a recuperar em casa quando o hospital lhe ligou. “Eles disseram: ‘Desculpe, trocámos os resultados do teste'”, afirmou a mulher. “Eu tentei ser corajosa e aceitar a situação, mas é muito grave”, rematou. O hospital Northwick Park foi advertido pela Care Quality Commission, no ano passado, devido às falhas e diz estar a trabalhar para que não aconteça mais nenhuma situação deste género. Maryam confessou que foi forçada a fechar o seu salão de beleza em Harrow, devido ao stress e à depressão que a situação provocou.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.