Adriana Lima não voltará a “despir-se por causas vazias”

11/12/2017 01:48 - Modificado em 11/12/2017 01:48

Adriana Lima anunciou que vai deixar de mostrar o corpo por “causas vazias”. Numa mensagem publicada no Instagram, a modelo brasileira aponta o dedo à pressão que a sociedade impõe às mulheres.

É um dos “anjos” mais valiosos da marca norte-americana Victoria’s Secret e foi a desfilar em “lingerie” que fez carreira no mundo da moda. Agora, Adriana Lima colocou um ponto final no que diz respeito a “despir-se por causas vazias”. Numa missiva publicada no Instagram, a top model brasileira, de 36 anos, refere que “as mulheres não podem continuar a viver num mundo com valores superficiais” e quer contribuir para essa mudança.

“Se me permitem, eu quero apoiar-vos. Quero que saibam que estou aqui (…) e quero ajudar-vos, se me deixarem, a que se sintam melhor. Também tenho as minhas inseguranças e já não tenho medo de as expressar. Elas fazem parte de mim”, começa por dizer.

Adriana Lima conta que a profissão que abraçou aos 15 anos, quando ficou em segundo lugar no Supermodel of the World, lhe impôs “parecer de determinada forma”. “Estou farta de imposições. As mulheres não podem continuar a viver num mundo com valores superficiais. Não é justo e, mais do que isso, não é física e psicologicamente saudável que a sociedade nos peça para sermos, nos comportarmos e parecermos. Quero mudar isto. Em nome da minha avó, da minha mãe, e de todas as antecessoras que foram rotuladas, pressionadas e mal compreendidas”, escreve.

Jn.pt

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.