Eleições da UNICV – Eurídice Monteiro diz que é  “preciso mudar”

1/12/2017 03:20 - Modificado em 1/12/2017 03:21
| Comentários fechados em Eleições da UNICV – Eurídice Monteiro diz que é  “preciso mudar”

No dia 19 de Janeiro, a UNI-CV vai escolher a nova reitora: Eurídice Monteiro, Professora e Directora de Investigação na UNICV, apresenta-se como Candidata à Reitoria, com “um projecto universitário que simboliza a inovação e a renovação da instituição, uma aposta no desenvolvimento do conhecimento científico e uma mudança de paradigma no Ensino Superior em Cabo Verde”.

A candidata demonstra-se confiante na equipa que lidera que é classificada de “experiente, dinâmica, comprometida com a Universidade, que interpreta devidamente a função do Ensino Superior no actual contexto cabo-verdiano”. E que traz ainda um programa inovador, com respostas reais aos desafios com que a instituição é confrontada e uma visão consistente da natureza, do alcance e do papel do Ensino Superior, num contexto de modernização do país e de aprofundamento significativo da sua relação com o resto do mundo.

A candidatura pretende ser uma “rotura efectiva” com os caminhos que a intuição tem seguido, com uma aposta na modernização e adequação dos tempos. Devido a este motivo, o lema escolhido é “mudar é preciso”.

Segundo o comunicado da candidatura não é mudar apenas por mudar. “Em substância, o que a equipa pretende é contribuir decisivamente para tirar a UNICV da situação em que se encontra, com os conflitos insanáveis que foram criados durante os últimos anos devido a uma gestão centralizada e destituída de espírito inovador, a que tem faltado a visão necessária e um conceito de universidade que considere os desafios de Cabo Verde”.

A mudança aclamada pela lista é de criar a “universidade do nosso tempo, pólo incontornável de produção e transmissão do saber, do conhecimento científico, técnico e pedagógico, aberto à Sociedade Cabo-verdiana, suas Instituições e ao Mundo”. E ainda, uma universidade “que ensina, porque produz conhecimento mas, também, educa, pela assunção concreta, na sua cultura organizacional, dos valores humanísticos universais e, também, dos que conferem substância à nossa identidade”.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.