Espanha : Autoridades detêm 40 pessoas por exploração sexual de nigerianas

30/11/2017 06:13 - Modificado em 30/11/2017 06:13
| Comentários fechados em Espanha : Autoridades detêm 40 pessoas por exploração sexual de nigerianas

Quarenta pessoas foram detidas pelas autoridades espanholas, estando acusadas de explorar sexualmente cidadãs nigerianas, algumas menores de idade, em várias cidades de Espanha, informaram hoje fontes do Tribunal da Comunidade Valenciana.

Segundo fontes do Tribunal Superior de Justiça da Comunidade Valenciana, treze das vítimas foram resgatadas em grutas na província de Almería.

As vítimas eram obrigadas a prostituir-se, presumivelmente nas grutas de onde foram resgatadas pelos agentes, na província de Almería, referiram as mesmas fontes, ouvidas pela agência espanhola Efe.

As detenções ocorreram em duas fases, sendo que na primeira, na semana passada, foram detidos 27 suspeitos, 24 dos quais acabaram em prisão preventiva.

A primeira fase da operação incluiu buscas no País Basco, na Comunidade de Madrid, em Castela-Mancha e na Andaluzia.

A segunda fase da operação decorreu em Alicante e em municípios de Almería, tendo sido detidas mais 13 pessoas.

Os detidos são suspeitos de pertencerem a uma organização criminosa, estando acusados de prática de tráfico de seres humanos, indução à prostituição e branqueamento de capitais, de acordo com as fontes judiciais ouvidas pela Efe.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.