Amadeu Oliveira  vai ser ouvido na PGR na qualidade de denunciante

23/11/2017 00:54 - Modificado em 23/11/2017 00:54

O advogado Amadeu Oliveira  vai ser notificado para ser ouvido em declarações  na Procuradoria Geral  da República  na qualidade de denunciante  nos  Autos de Instrução nº04/PGR/2017/2018, registado na PGR, Estes autos fazem referência  as declarações proferidas na conferência de imprensa realizada em São Vicente[1] onde o advogado terá  acusado os  Juízes da Secção Crime do Supremo Tribunal, Dr. Benfeito Mosso Ramos, Dra.Fátima Coronel e Dra. Sara Boal de terem cometido graves crimes contra a Justiça e terá afirmado que o Juiz Dr. Ary Santos terá cometido vários crimes de denegação de justiça e prevaricação de magistrado quando ele se encontrava colocado na Comarca do SAL.

Reagindo ao pedido para comparecer na PGR a fim de ser notificado , Amadeu Oliveira , via email  que este online teve acesso , o advogado escreve que “- Informo que me apresentarei (Mais uma vez) na Procuradoria Geral da República na próxima Segunda Feira pela 10H30mn para o que der e
vir, pois já não tenho nem fé, nem esperança nas instituições judiciais de Cabo Verde.

Na mesma mensagem o advogado assume as declarações feitas no Mindelo  “Na verdade, confirmo ter afirmado tudo isso e muito mais, pelo que espero que os visados tenham a coragem de apresentar Queixas Crimes contra a minha pessoa para eu poder ser sentado no Banco dos Réus e
ser sujeito a um julgamento público com toda a gente do POVO assistir e para o POVO tirar as suas próprias ilações sobre as perversões do sistema judicial actualmente em vigor em Cabo Verde”.

O advogado informa que a referida mensagem foi com conhecimento do Sr. Chefe daCasa Civil da Presidência da República “  pois, já não nutro nenhuma confiança nos órgão Judiciais de Cabo Verde, de modo a que o Mais Alto Magistrado da Nação possa acompanhar e seguir este processo. Mais informo que algumas Organizações Internacionais serão informados dos detalhes, bem como toda a comunicação social”.

Amadeu Oliveira diz que  vai  preparado para ser constituído como arguido e para ficarsujeito às medidas de coação que se achar pertinente, mas que  continuará a acusar os supra-referidos magistrados de serem criminosos.

 

 

  1. Silvestre Fortes

    Isto sera mais uma prova para demonstrar quao transparente a nossa democracia e.
    As afirmacoes do Dr Oliveira publicamente reveladas nao deixam duvidas que ele esta munido de provas. O Bom e Humilde Povo de CAbo Verde nao quer que haja algozes a torturar o Dr Oliveira quando for ouvido. A nossa justica ficaria servida se ele for ouvido imparcialmente por muitos dos nossos profissionais competentes capazes de excluir os seus “ego” . Ate la esperamos que haja uma boa representacao de diferentes camadas sociais para testemunharem a transparencia da nossa justica.
    Boa sorte Dr Oliveira,
    Em prol da justica

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.