Homens, estes são os conselhos de Harvard para melhorar a vida sexual

21/11/2017 03:48 - Modificado em 21/11/2017 03:48
| Comentários fechados em Homens, estes são os conselhos de Harvard para melhorar a vida sexual

E não, não estão incluídos medicamentos ‘milagrosos’.

Combater a disfunção erétil pode depende de simples hábitos naturais. Sim, é tão simples quanto parece e quem o diz é a Universidade de Harvard, que defende que a qualidade da vida sexual pode melhorar consideravelmente sem o recurso a fármacos ‘milagrosos’.

Na sua página online, a instituição de ensino garante que as melhorias da vida sexual dependem, em grande parte, de mudanças no estilo de vida e quanto mais saudável este for, melhor. E tudo pode começar com o simples hábito de caminhar 30 minutos por dia, uma atividade simples e curta que reduz em 41% o risco de disfunção erétil.

Seguir um plano alimentar que faça das frutas, vegetais, cereais integrais e peixes protagonistas é um outro conselho de Harvard para os homens, que desaconselha o consumo de carnes vermelhas e processadas, que nada mais fazem do que aumentar a gordura acumulada e a impulsionar o risco de cancro. Ainda no que diz respeito à alimentação, os cientistas aconselham a um reforço dos níveis de vitamina 12, que melhora o funcionamento das artérias do pénis e promove uma melhor sensação de bem-estar.

De acordo com a Universidade de Harvard – e ao contrário da ideia de que os homens com pneuzinho são melhores debaixo dos lençóis – a perda de peso é um dos aspetos mais importantes, sendo que os homens com menor circunferência abdominal apresentam um risco de disfunção erétil 50% menor.

Prestar uma especial atenção à saúde cardiovascular é também meio caminho andado para travar os problemas sexuais. Mas há mais: Um estudo publicado em 2013 na revista científica The Journal of Sexual Medicine defende que os homens que sofrem de problemas nas gengivas correm um maior risco de ter disfunção erétil, por isso, as idas ao dentista devem passar a fazer parte do leque de prioridades.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.