Moradores pedem a intervenção do Ministério Público

25/10/2012 00:21 - Modificado em 25/10/2012 00:21

A Brigada Anti-Crime vai entregar uma participação ao Ministério Público para dar a conhecer as razões de um confronto entre jovens da zona de Dji D`Sal e Campim. Isto porque, os moradores estão apavorados com a situação, pois os bandos transformaram os dois bairros em campo de batalha utilizando pedras, garrafas e cocktails molotov durante os confrontos.

 

O NN apurou que um grupo de jovens das zonas de Dji D`Sal e Campim estão em conflito devido a uma briga que ocorreu há duas semanas numa festa em Dji D` Sal. Segundo o que apurámos, um grupo de indivíduos do Campim invadiu o local onde decorria essa festa.

Segundo informações colhidas na BAC “houve um desentendimento entre os convivas e os invasores pelo que se desencadeou uma confusão com o arremesso de pedras e garrafas. Porém, neste fim-de-semana, houve uma nova festa em Dji D´Sal onde se repetiu o mesmo cenário”.

Mas a verdade é que esta rivalidade não se quedou pelos dois confrontos, isto porque nesta segunda-feira a BAC foi chamada a intervir desta vez na zona do Campim. É que um grupo de indivíduos de Dji D`Sal foi ripostar as invasões sofridas tendo havido troca de pedras, garrafas e até houve o recurso a cocktails molotov para intimidar o inimigo.

Perante esta situação, os moradores dos bairros em conflito solicitaram o apoio da Polícia Nacional para pôr fim a esta briga que lhes retirou o sossego. O NN sabe que a participação a ser entregue ao MP, tem como propósito o de fazer com que as instâncias judiciais adoptem medidas de prevenção contra os intervenientes no conflito.

  1. Atento

    Esses grupos de marginais (Campin e Dji de Sal) têm afrontado o pessoal destas duas zonas. Os mais velhos fazem um trabalho digno e bom para o bairro, mas eles sempre nos eventos provocam disturbios, falta de respeito, e tudo isso na frente das crianças e mulheres do bairro, isso já vem acontecendo há anos. Se degladeiam entre si como animais, deitando abaixo a imagem do bairro, que uma associação vem trabalhando há alguns anos. O pior de tudo é que as mães destes indivíduos são coniventes.

  2. Soncent

    A BAC tem vindo muitas vezes a essas duas zonas para tentar capturar esses individuos, mas como o Sr. atento escreveu e bem, as mães destes individuos são coniventes com essas situações e quando a policia coloca a mão neles delinquentes elas aparecem defendendo q os seus filhos nada fizeram. Vejo a policia constantemente nessas zonas, principalmente a BAC, capturando alguns desses delinquentes q estão a estragar a nossa zona. Q ninguem venha dizer q esses agentes estão a cometer abusos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.