Homem perdoa assassino do filho e abraça-o

13/11/2017 01:42 - Modificado em 13/11/2017 01:43
| Comentários fechados em Homem perdoa assassino do filho e abraça-o

Homem disse ao jovem condenado que não o culpava pelo assassinato do filho mas sim o diabo.

Em abril de 2015, o filho de Sombat Jitmoud, Salahuddin Jitmoud, na altura com 22 anos, foi assassinado em Lexington (no Kentucky) enquanto entregava pizzas.

Salahuddin já estava a fazer as últimas entregas da noite quando foi abordado por um grupo de indivíduos que o esfaqueou até à morte à porta de um condomínio.

No tribunal, durante a sentença proferida na passada terça-feira, o pai do jovem perdoou o assassino do filho, Trey Relford, então condenado a 31 anos de prisão. Jitmoud, conforme relata a CNN, não se limitou, porém, a perdoar aquele a quem foi atribuída a responsabilidade pela morte do filho. Abraçou-o, num momento de grande emoção no tribunal de Lexington.

“Não te culpo pelo crime que cometeste. Não estou chateado contigo por teres magoado o meu filho”, disse o pai da vítima em tribunal, afirmando estar chateado, sim, com o diabo, por o ter levado a cometer “um crime tão horrível”. “Não estou chateado contigo”, reiterou, em lágrimas, afirmando perdoar o jovem. Ao ver o pai da vítima emocionado,  Relford  oferece-lhe um lenço. É nesse momento que o homem puxa o réu para si e abraça-o durante longos segundos (a partir do minuto 6.20, no vídeo abaixo).

Três outras pessoas foram presas por estarem relacionadas com o crime, porém, o tribunal considerou que foi Relford o cérebro do assalto, apesar de este negar ter matado Jitmoud. Foi então sentenciado a 31 anos de prisão depois de ter sido considerado cúmplice do assassinato e de roubo.

“Não há muito que possa realmente dizer. Peço perdão por aquilo que aconteceu naquele dia”, disse Relford à família do jovem assassinado.

Depois da sentença, Jitmoud sussurrou ao ouvido de Relford, dizendo-lhe para praticar “boas ações” quando saísse da prisão e para confiar no perdão de Alá, conta ainda a CNN.

 

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.