Turistas do Norte da Europa “invadem”Santo Antão

3/11/2017 00:46 - Modificado em 3/11/2017 00:46
| Comentários fechados em Turistas do Norte da Europa “invadem”Santo Antão

Santo Antão tem sido, frequentemente, visitada por vários grupos de turistas no arranque da época alta do sector, nesta ilha que, até Maio de 2018, receberá “milhares” de turistas oriundos, sobretudo, do Norte da Europa.

Santo Antão tem sido, anualmente, visitada por cerca de 20 mil turistas, cujo grosso chega a esta ilha durante a chamada época alta do turismo que começa em Outubro e se prolonga até ao mês de Maio do ano seguinte.

Neste primeiro mês da época alta, os operadores turísticos dizem-se “satisfeitos” com a quantidade de turistas que têm chegado a Santo Antão para a prática do turismo de trekking (caminhadas em trilhas em busca da natureza), um tipo de turismo que, a cada ano que passa, ganha maior expressão na ilha.

No Tarrafal de Monte Trigo, um dos principais destinos turísticos da ilha neste período, os estabelecimentos turísticos têm estado, praticamente, lotados, prevendo-se que nos próximos quatro a seis meses, a taxa de ocupação rondará os 100%, segundo os operadores turísticos locais, “entusiasmados” com os resultados do primeiro mês da época alta do turismo em Santo Antão.

A nível de toda a ilha, as 64 casas rurais estão preparadas para acolher os turistas, devendo registar, durante os próximos oito meses, uma taxa de ocupação que ultrapassa, em certos períodos, os 80%, conforme a previsão dos operadores.

Porém, o mau estado dos caminhos vicinais e a falta de sinalização desses percursos preocupam os operadores turísticos que defendem a realização de um programa de manutenção permanente dessas vias, com “uma importância grande” para o turismo em Santo Antão.

Santo Antão, segundo o Governo, está “na linha da frente” em termos do turismo rural e de natureza, estimando que com um trabalho de planeamento e diversificação da oferta turística, mas também com a criação das infra-estruturas de apoio, com destaque para o aeroporto, o fluxo turístico aumentará de “forma exponencial” na ilha.

Nesta época, Santo Antão deverá receber alguns eventos visando a promoção da ilha como destino turístico, com destaque para um seminário internacional sobre o turismo ecológico, previsto no quadro do projecto Eco-Tur, financiado em 250 mil contos pela União Europeia (UE), envolvendo as regiões periféricas e Cabo Verde.

O seminário que terá lugar ainda este ano trará a Santo Antão especialistas dos Açores, Madeira e Canárias para se debruçarem sobre o turismo ecológico nas regiões periféricas da UE e Cabo Verde, como país associado.

Santo Antão, que aposta no turismo de natureza como foco do seu desenvolvimento, está a ser alvo de um pacote de projectos na ordem dos 110 mil contos, visando potenciar esse segmento de turismo.

Neste período do ano, alguns navios de cruzeiro têm visitado Santo Antão, trazendo a bordo centenas de turistas de diferentes nacionalidades.

Em Setembro, três navios de cruzeiro de médio porte aportaram no cais do Porto Novo.

Inforpress

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.