João Lourenço exonera presidente da empresa de diamantes

2/11/2017 00:53 - Modificado em 2/11/2017 00:53
| Comentários fechados em João Lourenço exonera presidente da empresa de diamantes

O chefe de Estado angolano, João Lourenço, exonerou hoje Carlos Sumbula das funções de presidente do conselho de administração da Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama), a segunda maior empresa nacional, no cargo desde 2009.

decisão consta de uma nota da Casa Civil do Presidente da República, que informa que para presidente do conselho de administração daquela empresa pública foi nomeado, pelo chefe de Estado, o economista José Manuel Ganga Júnior, que até 2015 foi diretor-geral da Sociedade Mineira de Catoca, responsável por 75% da produção diamantífera anual angolana.

Além de José Manuel Ganga Júnior, foram nomeados por decreto presidencial para a concessionária estatal para o setor dos diamantes em Angola, setor que representa vendas anuais de mais de mil milhões de euros, Laureano Receado Paulo, Ana Maria Feijó Bartolomeu, Osvaldo Jorge Campos Van-Dúnem e Joaquim Filipe Luís, para os cargos de administradores executivos.

Para o cargo de administrador não executivo foi nomeado Santana André Pitra, indica a mesma informação distribuída hoje à imprensa.

O Presidente angolano, eleito a 23 de agosto, mudou ainda a administração da Empresa de Ferro de Angola (Ferrangol), concessionária do setor mineiro do país.

Diamantino Pedro Azevedo foi exonerado do cargo de presidente do conselho de administração da Ferrangol, sendo nomeado para o seu lugar João Diniz dos Santos.

Ainda para aquela empresa pública foram nomeados, como administradores, Romeu Artur Ribeiro, Djanira Alexandra Monteiro dos Santos, Kayaya Kahala e Henriques Kiaku Simão.

.noticiasaominuto.com

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.