Novo coordenador da JPD em São Vicente: Somos a maior e melhor escola política de Cabo Verde

2/11/2017 00:33 - Modificado em 2/11/2017 00:33
| Comentários fechados em Novo coordenador da JPD em São Vicente: Somos a maior e melhor escola política de Cabo Verde

David Pires, novo coordenador da JPD em São Vicente, diz que a associação juvenil partidária é a maior escola de formação política de Cabo Verde. “O único espaço partidário onde um jovem tem a possibilidade de crescer e não apenas de aparecer, como acontece nas outras estruturas juvenis de outros partidos”, critica este jovem.

Sendo uma organização com uma história de boas práticas e de formação cívica e política, tem estado a reorganizar as estruturas nacionais e concelhias.

Escolhido para dirigir os destinos do “Jota” em São Vicente, David Pires assegura que para ingressar na JPD é preciso ter “espírito, possuir a mesma ideologia do MpD, porque sendo uma escola política do MpD, uma academia, temos de ter engenho de querer crescer dentro do partido, para poder ajudar a sociedade de alguma forma”.

Eleito coordenador do JPD no passado fim-de-semana, pretende, em São Vicente, trabalhar para dar continuidade ao “excelente” trabalho feito anteriormente pela coordenação cessante. Não obstante as dificuldades típicas de uma organização deste tipo, conseguiram fazer um “bom trabalho e conseguiram ao longo do mandato em que estiveram à frente do partido, chegar à juventude mindelense”. Prova disso, acredita, está no número de jovens nas listas durante as eleições de 2016.

Criada a moção de estratégia desta nova fase da JPD em São Vicente, Pires diz que vão trabalhar em quatro tópicos, sendo o primeiro a comunicação entre os associados e entre os coordenadores de núcleo tanto nas zonas como nas universidades, para que tenham as informações em tempo real. Porque a direcção do JPD, e todas as estruturas concelhias estão de acordo, é que a porta de entrada na JPD deva ser por via da participação nas escolas e nas universidades. Queremos que o ensino e o associativismo académico sejam a principal escola de quadros da JPD.

Diz ainda que a sua meta é trabalhar para Cabo Verde, neste momento, a partir de São Vicente, porque tem a grande tarefa de dar continuidade ao trabalho feito anteriormente.

Dentro da estrutura há três anos, quer ajudar o governo sustentado pelo MpD, não na criação de emprego, mas na criação de condições, no caso, de formações para jovens, sendo que nas últimas eleições “tivemos alguns eleitos municipais” e como escolha, assegura que devem continuar a apostar numa forma de socializar as ideias do partido e continuar a trazer os jovens para o seio da JPD.

“A nossa juventude tem como propósito esporear a participação do jovem no processo eleitoral e trazer uma nova forma de fazer política, de maneira transparente e com propostas concretas”.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.