Vitson dos Santos é o representante de Cabo Verde no Mister África Internacional

31/10/2017 08:03 - Modificado em 31/10/2017 17:16
| Comentários fechados em Vitson dos Santos é o representante de Cabo Verde no Mister África Internacional

Participação de Cabo Verde no Mister África Internacional condicionada por motivos financeiros.

O jovem Vitson dos Santos Correia é o representante de Cabo Verde no concurso de beleza. Natural da ilha de Santo Antão, diz sentir-se lisonjeado por participar num evento de grande prestígio internacional.

No entanto, a sua participação encontra-se condicionada pela falta de verbas para poder estar presente no concurso. “A inscrição é cara, o custo da viagem também. Temos tentado entrar em contacto com alguns ministérios mas tem sido em vão, não nos respondem e, pelo atraso, poderei ser eliminado da lista e, consequentemente, a minha ida e a permanência no concurso estão em risco”, explica.

Mas se conseguir ir e estar presente, quer ver a bandeira de Cabo Verde hasteada, com a sua vitória e também, espera que o concurso lhe possa abrir algumas portas para poder alargar os “meus horizontes e representar o meu país onde quer que eu vá”. A sexta edição do concurso decorre em Lagos, Nigéria, de 28 de Novembro a 4 de Dezembro de 2017, sendo a gala de eleição de Mister África Internacional, no dia 3 de Dezembro.

Em entrevista concedida a este online, por email, o modelo, mostra-se satisfeito por representar o país, uma vez que é um sonho “poder sair e mostrar o meu potencial lá fora”. Acrescenta ainda que quer ter a oportunidade de “beber” de todas as experiências possíveis de forma a crescer na área da moda”, explica.
Considerando também que esta é uma bela oportunidade de continuar a elevar cada vez mais o nome de Cabo Verde. O modelo da agência Models&Faces de São Vicente acredita que a participação de CV no concurso demonstra a valorização do trabalho além fronteiras. Diz ainda que se está a preparar, não só física, mas também mentalmente, de forma a estar ao mesmo nível dos restantes participantes.

Vitson dos Santos Correia, de 23 anos, considera que o Mister África Internacional já deu provas de que através da moda também se pode conseguir o empoderamento das pessoas. “A maior parte dos concorrentes que participaram, conseguiram singrar em várias áreas, nomeadamente a moda”.

O vencedor, durante o seu “reinado”, é parceiro de projectos e organizações comunitárias com o objectivo de inspirar jovens africanos a começarem os seus próprios negócios e ainda tem a oportunidade de visitar diferentes países para trabalhar com algumas das maiores instituições de caridade e serviços comunitários para promover as suas plataformas.

Questionado sobre esta participação do arquipélago, reitera o facto de apenas representar o país já é considerado um marco. “É a nossa bandeira hasteada junto de outros grandes países e também significa que acreditam no potencial dos jovens que temos em Cabo Verde para podermos competir de igual com os outros no concurso”.
Acredita que tem todas as qualidades para vencer este concurso e hastear a bandeira de Cabo Verde ao mais alto nível?

Vitson: Sim, acredito ter todas as qualidades necessárias. Tenho todas as qualidades físicas e psicológicas e estou-me a preparar para estar ao nível dos outros participantes. Farei de tudo para dar o meu máximo, mostrar o potencial de Cabo Verde, mostrar as nossas belezas e toda a riqueza da nossa gente.

Gostaria ainda de poder chamar a atenção para quem de direito que aposte mais nos jovens, que os ajude a concretizar os seus sonhos. Quero tanto contribuir para Cabo Verde. Sei que tenho potencial para isso e gostaria de sair para fora e ir aprender para poder regressar e ajudar o meu país a desenvolver-se.

Tenho alguns projectos que gostaria de realizar com jovens em Cabo Verde, mas só o poderei fazer com a ajuda do meu país, sozinho não posso marcar a diferença pois, tudo aquilo que faço na moda é por Cabo Verde. Quero levar o nome de Cabo Verde e de Santo Antão o mais longe possível.

Já participei no Cabo Verde Top Model Awards, realizado este ano na ilha do Sal e levei para casa o segundo prémio na categoria masculino, o que me deixou bastante feliz. Quero poder fazer mais pela minha ilha e pela minha gente.

Mister África Internacional 2017 é produzido pela House of Twitch LTD, uma empresa de produção de eventos da Nigéria. O Mister África Internacional é dedicado a capacitar jovens africanos através do empreendedorismo, da inovação e da educação.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.