Adiado o julgamento do hiacista que matou companheira em Santa Cruz

30/10/2017 01:58 - Modificado em 30/10/2017 01:58
| Comentários fechados em Adiado o julgamento do hiacista que matou companheira em Santa Cruz

O crime ocorreu no dia do Carnaval, 28 de Fevereiro deste ano. O arguido conhecido por Paulo encontra-se em prisão preventiva desde essa data.

O julgamento deveria acontecer no passado dia 26, mas só deverá ter lugar no próximo dia 06 de Novembro.

A vítima, Adalgisa, de 21 anos, foi alvejada com um tiro fatal na cabeça pelo próprio companheiro com quem teve um filho. Após o crime, o homicida tentou o suicídio tendo disparado contra o próprio pescoço.

A vítima estava a ser perseguida pelo agressor com quem se desentendia frequentemente. O crime passional ocorreu na noite do dia 28 de Fevereiro na zona de Santa Cruz. Após o crime, o agressor terá ligado para o telefone do irmão da vítima confessando o crime.
O agressor esteve hospitalizado durante algum tempo. Após a sua recuperação, foi prestar contas à justiça. O Tribunal decretou prisão preventiva. Alguns meses depois, o arguido foi chamado a julgamento na passada quinta-feira, mas a audiência foi adiada para o dia 06 de Novembro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.