Ordem dos Arquitectos – António Pedro Bettencourt apela à votação maciça da classe

27/10/2017 00:12 - Modificado em 27/10/2017 00:12
| Comentários fechados em Ordem dos Arquitectos – António Pedro Bettencourt apela à votação maciça da classe

Agendada para o dia 29 de Outubro, domingo próximo, a eleição dos novos corpos directivos da Ordem dos Arquitectos de Cabo Verde, que actualmente possui 234 arquitectos inscritos e que se encontra há um ano sem presidente. A OACV está sem direcção legal desde Junho de 2016. O mandato dos órgãos nacionais e regionais é de 3 anos.
A candidatar-se ao cargo de Bastonário da Ordem dos Arquitectos de Cabo Verde, está António Pedro Bettencourt, pela lista Vez&Voz que no seu programa para o triénio 2017-2020, assume ainda a missão de garantir uma maior aproximação e diálogo com a sociedade civil, as autoridades centrais e locais.
Isso, porque após quatro convocatórias para a apresentação de candidaturas, ninguém avançou, explica o Arquitecto António Pedro Bettencourt, que concorre para a presidência da instituição com uma lista com 32 membros, aliás, número mínimo para a apresentação de uma candidatura à Ordem.
Este candidato apela à classe, para uma votação massiva a favor da equipa Vez&Voz, porque é imprescindível reorganizar a Ordem, já que desde o término do mandato anterior da antiga direcção, se instalou uma “certa polémica” no seio da classe. Por isso, acrescenta, esta candidatura é uma forma de criar um ambiente de paz e estabilidade.
Pretende ainda, entre outros aspectos, a redução da cota mensal fixada no valor de 3.000$00 (três mil escudos).
Depois de ter apresentado a sua candidatura na ilha do Sal onde possui o seu escritório de arquitectura, a Beta Projectos, passando depois pela cidade da Praia, fez a sua apresentação no Mindelo e depois, em Santo Antão, com o plano da sua candidatura ao “leme” da instituição que lidera a vida dos arquitectos nacionais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.