Preso mata namorada que o foi visitar na cadeia

25/10/2017 01:23 - Modificado em 25/10/2017 01:23
| Comentários fechados em Preso mata namorada que o foi visitar na cadeia

Uma mulher de 24 anos foi assassinada pelo namorado, quando o visitava, no Centro de Detenção Provisória, de Santo André, no Brasil, no sábado.

De acordo com uma familiar, Talika Ferreira vivia um relacionamento abusivo, sendo comuns os relatos de ameaças e comportamento agressivo por parte do namorado, de 32 anos, que controlava a companheira a partir da prisão.

Após diversas tentativas de acabar o namoro por telefone e por carta, a jovem foi ao Centro de Detenção Proivisória, onde Thiago estava há quatro meses, para terminar tudo pessoalmente. “Achou que era seguro por ele estar preso”, disse a mulher, numa publicação no Facebook. “Talita deixou três filhos pequenos, deixou sonhos de uma vida melhor”, lamentou a familiar.

Em depoimento preliminar às autoridades, Thiago confessou o crime. “Ela queria acabar a relação porque na noite anterior conheceu um rapaz, com quem ficou toda a madrugada”, terá explicado aos polícias. Depois de estrangular a mulher, que não resistiu aos ferimentos, foi avisar um outro prisioneiro, que estava escalado para fazer a limpeza de algumas alas da prisão.

 

www.jn.pt/

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.