POST : Mátchu Lopes quer ser espanhol!!! O orgulho de ser Berdiano não tem preço!!!

25/10/2017 01:01 - Modificado em 25/10/2017 01:01
| Comentários fechados em POST : Mátchu Lopes quer ser espanhol!!! O orgulho de ser Berdiano não tem preço!!!

Tubaron Kunka Kaunda Simas

Boas Mátchu. Tu sabes o respeito que tenho (tinha) por ti e pelos teus feitos e desde algum tempo para cá tenho seguido com atenção a tua carreira e, inclusive, contribuído como posso para a divulgação das tuas conquistas, sendo que, por exemplo, fui o primeiro a noticiar que tinhas ganho o título de campeão do mundo, como tu próprio o sabes. Porém, assim como é teu direito escolher o teu destino, também é o meu manifestar o meu sentimento que é de TRISTEZA.

TRISTEZA por ver um jovem como tu tão mal aconselhado… Atenção não questiono a tua decisão que até se pode compreender a motivação por detrás mas, sim, a forma como ela foi tomada e como conduziste de forma tão pouco madura todo este processo.

Primeiro, a tua posição em “chantagear” um Governo e um Estado, o mesmo Estado que te viu nascer e do qual devias-te orgulhar como todo cabo-verdiano, independentemente do que o país te deu. Afinal, JFK já dizia “Não perguntes o que o teu país pode fazer por ti, mas sim o que podes fazer pelo teu país”. É, claro que o “teu?” país com as limitações sobejamente conhecidas não te poderia dar, em termos financeiros, o que a Espanha te poderá dar.

Mas, alguém já dizia que dinheiro não é tudo, porque o status de campeão do mundo já o tinhas e, convenhamos, ser campeão por Cabo Verde e ser campeão pela Espanha são duas coisas diferentes. Ser campeão por Cabo Verde tem outro sabor e hás, certamente, de concordar comigo.

Tinhas a oportunidade de ser o herói desta e várias outras gerações futuras de jovens cabo-verdianos e permanecer, para sempre nos anais da história desportiva e, não só, desta nossa jovem nação… Mas, decidiste jogar tudo fora, como que para ti não importasse o carinho, afeto e admiração das gentes das Ilhas.

Foi triste ver o teu sorriso amarelo e o teu jeito pouco à vontade neste vídeo que aqui partilho, como alguém que sabe que está a cometer um erro… Afinal, para mim acabas de cuspir na cara de todos os cabo-verdianos e na bandeira que um dia até tu carregaste com orgulho.

Diz-me cá uma coisa agora… Vais ser coerente com a tua decisão (pela forma mais do que conteúdo…) entregar o passaporte diplomático que te foi dado e renunciar oficialmente à tua nacionalidade cabo-verdiana?! Não, não te espantes, pois afinal, com este vídeo foi mesmo o que tu fizeste, acabas de renunciar à tua cabo-verdianidade… Ou será que o Estado de Cabo Verde vai ter de o reclamar de ti?! Afinal, como vais ser embaixador de e por Cabo Verde a representar as cores que tu, agora dizes, terás todo o orgulho de representar?

E porque todo o disparate e alarido em torno do passaporte diplomático se a tua decisão já estava tomada?! Sim, porque tu mesmo o disseste, aquando da tua primeira comunicação, de que já tinhas dado início ao teu processo, e eu, nesta altura já achava que era um dado adquirido o que agora confirmas, pois que para te darem a nacionalidade teria de haver garantias da tua parte de que não voltarias atrás.

Espero que sejas feliz, sinceramente, com a tua decisão mas, doravante, para mim não serás uma referencia para a nossa juventude, certamente não para o meu filho, pois quem renuncia aos seus não será nunca um bom modelo.

Viva Cabo Verde!!!

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.