POST:  OGE/ Si tud qui bo flam é verdadi 

23/10/2017 00:42 - Modificado em 23/10/2017 00:42
| Comentários fechados em POST:  OGE/ Si tud qui bo flam é verdadi 

O ministro das finanças, Olavo Correia, colocou um post na sua página do Facebook, onde mostra a sua alegria e otimismo em relação ao OGE. Eu não estou nesse estado de graça.Pois não há previsão para  aumentos salariais  e a redução de 1% do IUR  é pouco significativa. Mas estas são contas micro que o meu bolso insiste em fazer. No aspecto macro, que não entendo nada, prefiro acreditar no Olavo Correia que é um político sério e como se diz lá na Madragoa onde cresci “um cajo porreiro”  e citar aquela música ” Si tud qui bo flam é verdadi  jam fica cheio di vontade”

Eduino Santos

 

Apresentámos ontem a Proposta de Orçamento de Estado para 2018. São 61 milhões de contos – o volume de despesas que acreditamos ser necessário para provocarmos a ruptura na economia cabo-verdiana. É, entretanto, uma despesa suportada por um sólido financiamento e que nos permite ter um défice de 3,1% – inferior ao que temos previsto para este ano.

Com este Orçamento, estamos a criar um quadro de soluções efectivas para os problemas concretos do nosso país. Vamos crescer entre 5 e 5,5% em 2018, para chegarmos aos 7% brevemente. E temos condições para crescer a níveis muito superiores.

A Proposta de Orçamento de Estado para 2018 procura trazer soluções efectivas para a economia cabo-verdiana: nomeadamente, ao nível do financiamento, dos transportes marítimos e aéreos, da implementação de uma burocracia amiga das empresas, de medidas concretas de estímulo à criação, expansão e exportação das nossas empresas. Estamos a criar as condições base para que as empresas possam ter margem para inovar e reforçar as bases para a expansão dos seus negócios, de modo a gerarem emprego e rendimento. Este é o alicerce do nosso crescimento. Tem que ser através de recursos endógenos.

A nossa ambição relativamente ao crescimento é perfeitamente possível.

#CaboVerde #MinistroFinancasOficial

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.