Tripulação da AirAsia em pânico quando avião cai sete mil metros a pique

17/10/2017 05:24 - Modificado em 17/10/2017 05:24
| Comentários fechados em Tripulação da AirAsia em pânico quando avião cai sete mil metros a pique

Passageiros queixaram-se do comportamento da tripulação, que dizem ter aumentado ainda mais o pânico no avião. Incidente está a ser investigado.

Um avião da AirAsia que partiu de Perth, na Austrália, com destino a Bali, na Indonésia este domingo foi forçado a voltar ao aeroporto australiano depois de alguns problemas técnicos de despressurização.

Esses problemas levaram os pilotos a efetuarem uma descida rápida de mais de sete mil metros no espaço de pouco de minutos para os três mil metros de altitude. Uma abordagem habitual por parte dos pilotos caso estejam a experienciar problemas de despressurização.

Mas o principal destaque neste caso nem foram os problemas no voo mas sim o pânico evidenciado pela tripulação nesse momento. De acordo com a filial da CNN, a Seven News Australia, vários passageiros criticaram o comportamento da tripulação.

“O pânico escalou devido ao comportamento da tripulação, que estava a gritar e parecia estar a chorar e chocada”, disse uma das passageiras desse voo, Claire Askew. “Olhamos para eles para nos tranquilizarem e isso não aconteceu. Ficámos mais preocupados devido ao pânico que eles demonstravam”.

 

Um dos passageiros filmou o incidente a bordo do avião. O vídeo mostra as máscaras de oxigénio a caírem, enquanto um dos tripulantes grita aos passageiros para se baixarem.

A AirAsia explicou à CNN que o incidente já está a ser investigado mas recusou comentar as críticas feitas à tripulação.

Esta não é a primeira vez que uma tripulação da AirAsia é alvo de críticas. O mesmo já tinha acontecido num voo em junho.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.